Hospital das Clínicas da USP pede doações durante a pandemia do COVID-19

Hospital das Clínicas da USP pede doações durante a pandemia do COVID-19 (Divulgação)

LANCE!
01/04/2020
14:44
São Paulo (SP)

Maior hospital da América Latina e um dos principais centros de atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde), o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo está arrecadando recursos na luta contra o novo coronavírus e ganhou o reforço das quatro principais forças do futebol paulista. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo se uniram à administração do hospital na campanha do #VEMPRAGUERRA. 

O objetivo é arrecadar R$ 10 milhões através de doações da sociedade civil para comprar máscaras cirúrgicas, máscaras N95, álcool gel, aventais, toucas descartáveis e demais itens de primeira necessidade. Além disso, o Hospital espera comprar três máquinas de Raio-X para auxiliar no trabalho dos médicos e enfermeiros na luta contra o COVID-19. 

Com o apoio dos quatro grandes clubes de São Paulo, que cederam espaço em suas redes sociais para a campanha publicitária, o Hospital das Clínicas já conseguiu arrecadar mais de R$ 2 milhões. Contudo, ainda há um caminho longo a ser percorrido até que um dos principais centros médicos da maior metrópole da América da Sul alcance sua meta. 

Por conta da crise econômica e da alta da demanda de todos os produtos, os preços dos itens de primeira necessidade tiveram um aumento considerável nos preços. As máscaras N95, por exemplo, custavam R$ 1,35. Agora, estão sendo comercializadas por R$ 27,90 - de acordo com projeção do Hospital.

Além de Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, outros esportistas aderiram à causa e estão se mobilizando para conseguirem doações. Nomes como Rubens Barrichelo, Miguel Pupo e Pedro Dib também usaram seu alcance para ajudarem.

Todas as informações sobre a campanha estão no site www.charidy.com/vempraguerra.