Ponte Preta x Avaí

Ponte Preta ficou no empate sem gol com o Avaí em casa (Foto: Álvaro Jr/ PontePress)

Futebol Latino
06/07/2021
20:55
Campinas (SP)

Jogando em seu Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, a Ponte Preta entrou em campo pela 9ª rodada do Brasileirão Série B, nesta terça-feira, buscando fugir da proximidade da zona de rebaixamento, a Macaca encarou o Avaí, que tentava subir ainda mais na tabela. Com um jogo bastante truncado e sem grandes jogadas, o duelo terminou no 0 a 0.

Depois dessa partida, a Ponte Preta volta a focar na próxima partida, onde encara o líder Náutico. O jogo acontece na segunda-feira, 12, no Estádio dos Aflitos. Enquanto isso, o Avaí foca no jogo contra o Confiança, que acontece na terça-feira, 13.

COMEÇO CALMO
A partida iniciou bastante tranquila, com as duas equipes se estudando a todo momento. Contudo, foi a Ponte Preta quem começou um pouco mais à frente. Aos 9, Camilo cruzou na cabeça de Richard, que desviou no canto. O goleiro Glédson viu a bola passar perto da trave esquerda.

Na sequência, o Avaí teve mais posse de bola e ficou controlando a partida. Aos 15, Vinicius Leite avançou pela esquerda, arriscando. O chute, porém, foi sem grandes perigos para fora.

LANCE POLÊMICO E PARTIDA TRUNCADA
Depois disso, a partida ficou ainda mais equilibrada, com poucas oportunidades para ambas as equipes. Aos 16, Camilo disputou bola com o goleiro Glédson, onde acabou sendo derrubado. A Ponte Preta pediu pênalti, mas foi o próprio meia da Macaca quem levou amarelo por simulação. 

GRANDES CHANCES DA MACACA
Depois disso, o confronto se perdeu um pouco, com a arbitragem três amarelos em menos de 20 minutos. Dessa forma, uma das melhores chances saiu no final da etapa, com Richard. Aos 46, Camilo puxou contra-ataque e ajeitou para Richard, que mandou uma bomba. Glédson espalmou e salvou o Avaí, que não conseguiu criar chances nos 45 minutos iniciais.

Na sequência, Rodrigão completou um cruzamento de cabeça, mandando a bola em direção às redes. No entanto, o atacante estava à frente da defesa do Avaí, e a arbitragem pegou o impedimento.

JOGO AINDA MAIS TRUNCADO
Na volta do intervalo, as equipes voltaram ainda mais equilibradas, e nenhuma das duas conseguiu sequer colocar a bola no chão. No início, Diego Renan e Copete tiveram chances, mas acabaram mandando para fora.

PONTE DESPERDIÇA CHANCES
Aos 20, a primeira boa oportunidade foi criada, por parte da Ponte Preta. Richard cobrou escanteio na cabeça de Fábio Sanches, que desviou na primeira trave e quase marcou. Contudo, a bola apenas passou muito perto da meta de Glédson.

Na sequência, aos 22, foi a vez de Thalles, que havia acabado de entrar em campo, recebeu de Moisés. O meia tentou de primeira, com Glédson adiantado. No entanto, perdeu a oportunidade. Oito minutos depois, Moisés foi para cima de Edilson, deixando o lateral no chão e batendo firme. A bola acabou indo na rede, mas pelo lado de fora.

FINAL COM EMOÇÃO
Depois de ficar quase toda a partida sem pressionar e criar, o Avaí assustou a Ponte. Aos 43, Renato acabou travado duas vezes pela zaga da Macaca. Três minutos depois, Edilson cobrou falta quase do meio-campo, levando perigo. Contudo, Ygor espalmou.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 0 x 0 AVAÍ
Local/Horário
: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), às 19h
Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
Cartões amarelos: André Luiz e Camilo (Ponte Preta); Bruno Silva, Jonathan e Edilson (Avaí)

Ponte Preta: Ygor; Kevin, Ednei, Fábio Sanches e Felipe Albuquerque; Dawhan, André Luiz (Vini Locatelli, 44'/2ºT) e Camilo (Thalles, 20'/2ºT); Moisés (Niltinho, 44'/2ºT), Rodrigão (João Veras, 6‘/2°T) e Richard (Renatinho, 20'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.

Avaí: Glédson; Edilson, Rafael Pereira (Betão, 23'/2ºT), Fagner Alemão e Diego Renan; Bruno Silva, Wesley Soares (Jean Cléber, 30'/2ºT) e Vinícius Leite (Renato, 15’/2°T); Copete (Valdívia, 30'/2ºT), Jonathan (Getúlio, 16‘/2°T) e Lourenço. Técnico: Claudinei Oliveira.