Palmeiras Copinha

Jogadores do Palmeiras comemoram o primeiro gol da equipe contra o Internacional (Foto:Fabio Menotti/Palmeiras)

Rafael Ribeiro
17/01/2022
13:04
São Paulo (SP)

O Palmeiras continua honrando seu favoritismo na Copa São Paulo de juniores. Na manhã desta segunda-feira (17), o Verdão venceu o Internacional por 2 a 1 no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP), e garantiu a sua classificação para as quartas de final da competição.


A promessa era de que o duelo seria o de maior dificuldade do Palmeiras até aqui na Copinha. Afinal, o Inter é o atual campeão do torneio e também chegou à Grande São Paulo com o status de ser o atual campeão brasileiro da categoria.

E isso até que se cumpriu de certa forma. O Colorado viu seu goleiro defender um pênalti no final do primeiro tempo e chegou a descontar na etapa final.

Mas o Verdão, atual pentacampeão seguido sub-20, se impôs desde o começo. Apostando na pressão, o time alviverde conseguiu marcar os gols que selaram o placar logo no primeiro tempo. Depois, foi tempo de administrar o resultado com o forte calor que abatia Diadema e selar a classificação.

O Palmeiras aguardar agora o vencedor do duelo entre Oeste e Canaã, que se enfrentam logo mais, para saber quem enfrentará na próxima fase, em jogo que deve ser disputado na quarta-feira (19).

Primeiro tempo movimentado e dominado pelo Verdão

Mal começou o jogo no Inamar, o Palmeiras chegou ao seu gol. Aos 6, Giovani escapou da marcação pela direita e carregou, puxando para o meio. Quando o camisa 7 preparava a conclusão, ele acabou se desequilibrando, mas Jhonatan pegou de primeira, com a perna direita, e marcou.

O gol logo no início motivou o Palmeiras. Os paulistas aproveitaram o baque gaúcho e foram para cima, quase chegando ao segundo aos 14, quando Jhonatan desviou um bom cruzamento de cabeça e exigiu boa defesa do goleiro Lucas Flores.

A partir daí, com a tônica do duelo sendo de ataque verde contra defesa vermelha, o segundo gol era questão de tempo para sair. E demorou até. Aos 43, em jogada ensaiada com cobrança curta de escanteio, Garcia encontrou um ótimo passe na sequência do lance, e o cruzamento fechado tem a dividida entre o atacante Vitinho, Lucas Ryan e o goleiro Lucas Flores, com a bola parando no fundo das redes.

A vantagem palmeirense para o intervalo poderia ter sido ainda maior. Dois minutos depois, Garcia cruzou na área, a bola parecia forte demais, Gabriel Silva tentou o domínio e na sequência ela tocou no braço do colorado Guilherme Varjão. Pênalti marcado e que não foi convertido porque Lucas Flores defendeu a cobrança de Pedro Bicalho.

Intensidade palmeirense acaba e Inter reage

Na volta do intervalo, o Palmeiras pagou o preço pelo seu jogo de intensidade, buscando o ataque ao tempo todo. Com três alterações realizadas, os gaúchos cresceram no jogo e passaram a dominar as ações.

Isso foi logo recompensado. Aos 25, Alisson encontrou Lucca na entrada da área. O camisa 9 colorado dominou, girou em cima dos dois zagueiros do Verdão e bateu no canto esquerdo, diminuindo o placar.

O Palmeiras até tentou reagir, colocou em campo a joia Endrick, mas o Inter continuou superior na etapa final. Aos 29, Vitinho, do time gaúcho, apareceu livre na entrada da área e chutou para a defesa do arqueiro do Verdão.

No final, aos 40, ainda houve tempo para Estevão acertar outro bom chute da entrada da área e acertar o travessão paulista. Mas já era tarde. O Palmeiras conseguiu segurar o seu placar e avançou às quartas.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 x 2 PALMEIRAS

Local: Estádio Distrital do Inamar, Diadema (SP)
Data/Horário: 17/1/2022 (segunda), às 11h (de Brasília)
Árbitro: Gustavo Holanda Souza
Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura e Leandro Carvalho da Silva
Público e renda: não divulgados
Cartões amarelos: Giovani e Naves (Palmeiras); Lucas Ryan, João Félix e Samuel (Inter)
GOLS: Jhonatan 6'/1ºT (0-1), Vitinho 43'/1ºT (0-2) e Lucca 25'/2ºT (1-2)

INTERNACIONAL
Lucas Flores; Guilherme Varjão (Bernardo, 20/2), João Pedro, João Felix (Adriel 48/2) e Lucas Ryan (Samuel, intervalo); Bizescki (Lukayan, intervalo), Gustavo (Vitinho 20/2), Jonathan (Leonardo, intervalo), Allison e Estêvão; Lucca
Técnico: João Miguel

PALMEIRAS
Mateus; Garcia, Naves, Lucas Freitas e Vanderlan (Pedro Lima 39/2); Fabinho, Pedro Bicalho e Jhonatan (Ian 22/2); Gabriel Silva (Endrick 22/2), Giovani (Kevin, 39/2) e Vitinho
Técnico: Paulo Victor Gomes