Chapecoense x Confiança

Anselmo Ramon foi a figura da partida com dois gols (Márcio Cunha/ACF)

Futebol Latino
29/01/2021
22:44
Chapecó (SC)

A Associação Chapecoense de Futebol honrou a sua trajetória de absoluta superação e, diante do Confiança, conseguiu uma vitória por 3 a 1 suficiente para conquistar o título do Brasileirão da Série B. Isso porque, no outro jogoda disputa, o América-MG venceu por 2 a 1 o Avaí e perdeu no saldo de gols.

>A tabela final da Série B do Campeonato Brasileiro

COMEÇO FORTE

A primeira chegada ofensiva do time de Santa Catarina já rendeu o grito de gol por parte dos anfitriões em boa trama com Denner acessando a linha de fundo e cruzando rasteiro na direção de Anselmo Ramon. O artilheiro da equipe na competição girou batendo de maneira que o goleiro Rafael Santos pulou na bola, mas não alcançou. 

O marcador poderia ter ficado ainda mais dilatado na bola cruzada com precisão por Mike do lado direito, onde Denner ficou em plenas condições de finalizar contra a meta sergipana. Contudo, o responsável pela assistência do primeiro tento acertou o travessão.

BATEU DESÂNIMO?

Logo depois do América-MG não apenas abrir o marcador como também ampliar sua vantagem diante do Avaí, o ritmo do desempenho da Chape sofreu uma queda significativa em espaço onde o Dragão cresceu de desempenho e chegou a ameaçar o gol de João Ricardo ainda na etapa inicial.

Assim, logo no começo do tempo complementar, Reis infiltrou-se na grande área da Chapecoense, aproveitou o cruzamento de Altemar vindo pelo lado esquerdo e testou com força, sem chance de defesa para João Ricardo.

VIRADA 'A LA CHAPE'

Já na reta final do confronto, o compromisso que parecia encaminhado para o término melancólico se tornou uma virada com o contorno de superação que marca a história da Chapecoense. Depois de bola cruzada, Perotti entrou de carrinho para marcar o tento da virada catarinense onde apenas um tento daria o título para a equipe de Umberto Louzer diante do marcador de 2 a 1 do América-MG.

Nos acréscimos, a penalidade sofrida por Bruno Silva colocou a responsabilidade nos pés de quem sempre marcou na temporada, Anselmo Ramon. O resultado? Uma cavadinha que desconcertou Rafael Santos e colocou a primeira estrela nacional no escudo do clube.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 3 x 1 CONFIANÇA - 38ª RODADA DA SÉRIE B

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data e horário: 29 de janeiro de 2021, às 21h30
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Michael Stanilsau (CBF-RS)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Anselmo Ramon (CHA) / Nirley, Everton, Luan (CON)
Cartões vermelhos: Denner (CHA)

GOLS: Anselmo Ramon (3'/1°T) (1-0), Reis (9'/2°T) (1-1), Perotti (33'/2°T) (2-1), Anselmo Ramon (50'/2°T) (3-1)

CHAPECOENSE (Técnico: Umberto Louzer)

João Ricardo, Matheus Ribeiro, Felipe Santana (Alan Santos, aos 26'/2°T), Luiz Otávio e Alan Ruschel (Roberto, 13'/2°T); Willian Oliveira, Anderson Leite (Bruno Silva, aos 13'/2°T), e Denner; Mike (Perotti, aos 26'/2°T), Anselmo Ramon e Aylon (Foguinho, aos 7'/2°T).

CONFIANÇA (Técnico: Daniel Paulista)

Rafael Santos; Thiago Ennes, Luan, Nirley (Vinícius Santana, aos 18'/2°T) e Djalma Silva (Altemar, no intervalo); Madison, Serginho (Amaral, aos 43'/2°T), Rafael Vila, Reis e Everton (Alyson, aos 27'/2°T); Bruno Paraíba (Ari Moura. aos 26'/2°T).