Futebol Latino
06/09/2020
18:26
Porto Alegre (RS)

O Bahia conquistou um ponto precioso neste domingo contra o Internacional. Na casa do líder do Campeonato Brasileiro, os baianos conseguiram estufar as redes nos acréscimos e evitaram a derrota: 2 a 2. Com o resultado, o Colorado soma 17 pontos e segue no topo. O Tricolor de Aço, por outro lado, foi a 9 pontos e fica na 11ª colocação.

---> Clique e confira a tabela do Brasileirão

Na próxima rodada, o Internacional enfrenta o Ceará, no Beira-Rio. Já o Bahia pega o Grêmio, no estádio de Pituaçu. Ambas as partidas serão realizadas no dia 10 de setembro.

A partida
O Internacional começou melhor a partida e poderia ter aberto o placar já no primeiro minuto de jogo. Após rebatida na área do Bahia, a bola sobrou para D’Alessandro, que bateu para defesa de Mateus Claus.

Mas o Colorado não conseguiu transformou esse bom começo em superioridade. O Tricolor de Aço marcava forte e não permitia que o time do Inter criasse jogadas perigosas de gol.

Quando recuperava a bola, o Bahia procurava no contra-ataque surpreender o Colorado. E conseguiu! Daniel roubou a bola e passou para Rodriguinho. Ele limpou a jogada e bateu com qualidade para abrir o marcador: 1 a 0.

Mas o Tricolor de Aço não conseguiu segurar nem dez minutos a vantagem. Em cruzamento de Thiago Galhardo, Patrick subiu mais que o zagueiro e cabeceou com precisão para empatar o jogo: 1 a 1.

O placar poderia ainda ter sido movimentado outras duas vezes ao longo do primeiro tempo, mas os gols de Gilberto e Thiago Galhardo foram anulados pelo árbitro. Foi assinalado impedimento nos dois lances.

O Colorado voltou do intervalo pressionando em busca do gol da virada. Enquanto o Tricolor de Aço continuou mantendo a estratégia de ficar recuado e apostando nos contra-ataques.

O Internacional começou a apostar na bola área para tentar furar a retranca do Bahia. Em um desses cruzamentos, Cuesta foi empurrado e o árbitro marcou o pênalti. Thiago Galhardo bateu e virou o jogo: 2 a 1.

Os técnicos começaram a mexer no time, mas o panorama não se alterou muito. O Internacional continuou melhor e por pouco não ampliou. Peglow recebeu a bola na entrada da área e bateu, a bola desviou na zaga do Tricolor de Aço e quase entrou.

E quando tudo indicava que o Colorado venceria o jogo, em lance na área do Inter, Rodinei derrubou Elber. O VAR viu e chamou para que o lance fosse revisado. O árbitro olhou na TV e marcou o pênalti. Clayson bateu e empatou: 2 a 2.

Jogo decidido? Nada disso. Em cobrança de escanteio, quase o Tricolor de Aço fez o gol da vitória. Abel Hernández salvou em cima da linha e garantiu o empate.

INTERNACIONAL 2 x 2 BAHIA
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 06/09/2020 – 16h00
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Neuza Ines Back (SC) e Éder Alexandre (SC)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Público/renda: pagantes:; total: / R$
Cartões amarelos: Nino Paraíba, Ronaldo e Gregore (BAH), Zé Gabriel e Rodinei (INT)
Cartões vermelhos: –
Gol: Rodriguinho (19’/1ºT), Patrick (27’/1ºT), Thiago Galhardo (22’/2ºT) e Clayson (51’/2ºT)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel (Rodinei, aos 26’/2ºT); Johnny (Rodrigo Moledo, aos 43’/2ºT), Edenilson, Boschilia (Marcos Guilherme, aos 31’/2ºT), Patrick (Abel Hernández, aos 43’/2ºT)e D'Alessandro (Peglow, aos 31’/2ºT); Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.

BAHIA:
Mateus Claus; Juninho Capixaba, Juninho, Ernando e Nino Paraíba; Ronaldo (Edson, aos 38’/2ºT)., Daniel (Rossi, aos 25’/2ºT), Gregore e Rodriguinho (Fessin, aos 38’/2ºT).; Élber e Gilberto (Clayson, aos 30’/2ºT). Técnico interino: Cláudio Prates.