Helinho - Bragantino

Helinho está entre os relacionados para jogo decisivo diante do Palmeiras  (Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Felipe Melo
14/05/2021
10:49
Bragança Paulista (SP)

Com um calendário apertado em virtude da pandemia, RB Bragantino e Palmeiras fazem, nesta sexta, às 19h30, no Nabi Abi Chedid, o confronto válido pelas quartas de finais do Campeonato Paulista. Em entrevista ao LANCE!, o jovem atacante Helinho analisou as duas equipes e destacou que será um jogo definido no detalhe. 

> Confira a tabela do Campeonato Paulista


- Vai ser um jogo de detalhe. Acredito que o time que errar menos tem uma chance maior de poder estar disputando a semifinal no sábado. São duas equipes que gostam de jogar com e sem a bola, vai ser um grande jogo - disse o jogador. 

> Confira mais notícias sobre o futebol brasileiro 

Desfalque nos últimos quatro jogos, Helinho está recuperado das dores no calcanhar, e voltou a ser relacionado pelo técnico Maurício Barbieri para o confronto diante do Alviverde. Vale destacar que existe a possibilidade do jogador estar entre os titulares. Ele comentou sobre a importância de decidir em casa, já que o Massa Bruta teve uma campanha melhor que seu adversário.na primeira fase. 

- Muito importante decidir o jogo em casa, já conhecemos o gramado, e isso é um bom adianto para nossa equipe. Devemos respeitar o Palmeiras pela história, mas acima de tudo respeitar a nós mesmo - frisou o atleta. 

Desde o início da parceria com a Red Bull, o Bragantino tem apostado em um elenco jovem e bastante qualificado. Por outro lado, os mais experientes do grupo como o goleio Júlio César são considerados referências e ajudam no desenvolvimento do grupo. Além dele, o elenco tem Claudinho, que ganhou prêmios por seu desempenho no Brasileirão, e segue sendo o craque do time. 

- É um grupo jovem que com o passar do tempo estamos evoluindo juntos como equipe e como ser humanos, estou muito feliz em poder fazer parte desse projeto incrível que o RB Bragantino está propondo para todos nos jovens. Ainda vamos crescer muito - destacou, e em seguida acrescentou. 

- Todo dia um aprende com o outro e assim estamos formando uma equipe cascuda com jogadores jovens. Nosso exemplo aqui é o Júlio César, que nos ensina muito no dia a dia, e sobre o Claudinho, minha relação com ele é muito boa, todos estão felizes com a evolução dele e com certeza nos ajuda muito. É um craque - elogiou. 


Em paralelo às quartas de finais do Paulistão, o Massa Bruta terá pela frente dois jogos fora de casa para tentar garantir a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. Com o empate sem gols entre Talleres e Tolima, a equipe terá que vencer os adversários e torcer por um tropeço do Emelec para assegurar a vaga. 

- Com inteligência e sabedoria (comportamento fora de casa). Devemos ir para esses dois jogos da Sul-Americana para ganhar os jogos. Independente onde seja o jogo, o empate não nos interessa e sim só a vitória, então vamos com tudo - disse. 

Por fim, o jogador, de 21 anos, disse que o futebol tem sido uma atividade segura, visto que os atletas fazem constantes testes antes e depois das partidas. Ele também afirmou que sente falta da torcida, mas recomendou que todos fiquem em casa de maneira segura, sem aglomerações para evitar o contágio e diminuir os riscos. 

- Com a torcida a nosso favor é bom, porque ajuda a dar uma pressão no adversário, mas sabemos a situação em que o mundo está vivendo. Fiquem em casa - alertou, e completou. 

- O futebol é muito seguro, porque fazemos teste do COVID-19 toda semana antes e depois do jogos. Assim temos controle sobre essa situação, se der positivo em alguém, essa pessoa já fica isolada e já é um avanço para todos nós, família, amigos, etc. Acredito sim que o futebol está sendo um meio seguro - opinou.