Montagem - Torcidas Santos, Corinthians, Palmeiras e São Paulo

Público em SP retorna em novembro (Foto: Montagem/Divulgação/Santos/Corinthians/Palmeiras/São Paulo)

LANCE!
04/08/2021
15:51
São Paulo (SP)

Nesta quarta-feira (4), o governo de São Paulo divulgou a data em que será liberada a presença de torcedores nos estádios paulistas: 1º de novembro.

Confira como estão hoje os campeões do futebol na Olimpíada de 2016

O primeiro dia do mês de novembro é quando o governo acredita que 90% dos adultos devem ter sido completamente vacinados. Nesta data, de acordo com o governo de São Paulo, todos os eventos estarão liberados no estado.

- Os eventos passam a ser permitidos em um modelo onde não há restrição de ocupação , mas permanece a restrição de distanciamento. Então, o cálculo de ocupação precisa ser realizado, porque não pode haver aglomeração, e as pessoas precisam estar distanciadas. O uso de máscaras permanece. - disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo.

VEJA TABELA E SIMULE OS JOGOS DOS PAULISTAS NO BRASILEIRÃO 2021

Regras São Paulo 1 de novembro 2021
Regras a partir de 1 de novembro em SP (Foto: Reprodução/GESP)

O relaxamento nas regras, no entanto, irá começar no dia 17 de agosto, quando eventos sociais, museus e feiras corporativas, com controle de público, estarão liberados no estado, desde que não gerem aglomerações e que sigam os protocolos de saúde e higiene.

A data acima marca o fim das restrições de horário e de público nos eventos flexibilizados em agosto. No entanto, os representantes do governo não especificaram sobre qual tipo de evento social estará liberado.

- O grande salto do dia 17 de agosto é a retirada da restrição de horário, porque isso vai permitir que restaurantes funcionem, que eventos sociais sejam planejados, que as pessoas possam celebrar, que os donos desses tipos de estabelecimentos possam ter planejamento de seus negócios, mas com segurança. - concluiu Patrícia.

Regras São Paulo 17 de agosto 2021
Regras a partir de 17 de agosto em SP (Foto: Reprodução/GESP)