Goiás x Avaí - Campeonato Brasileiro Série B

Rosiron Rodrigues / GEC

Futebol Latino
22/06/2021
20:57
Goiânia - GO

No estádio da Serrinha, em Goiânia, em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Goiás conquistou uma excelente vitória contra o Avaí pelo placar de 3 a 0. Dois gols foram marcados no primeiro tempo com Apodi e Bruno Mezenga. No início da etapa complementar, Caio Vinícius fez o terceiro e fechou o placar. Com o resultado, a equipe Esmeraldino pegou o “elevador” e subiu para vice-liderança com 11 pontos ganhos. O Leão da Ilha estacionou nos 4 pontos e está na desconfortável zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o CRB, na Ressacada. Já o Goiás faz o clássico estadual contra o Vila Nova, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, conhecido como OBA. Ambas as partidas serão disputadas no dia 25 de junho.

O jogo

Primeiro Tempo

COMEÇO INTENSO E COM CHANCES CRIADAS DOS DOIS LADOS
Goiás e Avaí iniciaram a partida de forma muito intensa e com grandes oportunidades criadas de ambas as partes. O Esmeraldino foi quem criou mais (foram 4), sendo que a mais clara delas foi com Bruno Mezenga. Após cruzamento, dentro da pequena área, o atacante cabeceou para fora e desperdiçou a chance de abrir o placar.

Já o Leão da Ilha conseguiu criar só uma boa chance. Após bate-rebate, a bola sobrou para Edilson na entrada da área. O lateral soltou uma bomba, mas o goleiro Tadeu estava muito bem colocado e efetuou uma bela defesa.

EM 4 MINUTOS, DOIS GOLS DO GOIÁS
Depois dos 20 minutos do primeiro tempo, o jogo passou a ficar mais truncado e com os marcadores levando grande vantagem sobre os setores de criação das duas equipes. Mas na base da tabela, o time do Goiás conseguiu furar a defesa do Avaí e inaugurar o marcador.

Elvis tentou cruzamento, a zaga do Leão da Ilha afastou mal e a bola sobrou para Apodi. O lateral-direito do time Esmeraldino dominou bem e soltou a bomba. A bola ainda bateu na trave antes de entrar: 1 a 0 para o Goiás, aos 34 minutos.

Antes do Avaí assimilar o gol tomado, o Goiás foi lá e marcou o segundo. Aos 38, após desarme no meio, a bola sobrou para Bruno Mezenga. O centroavante mostrou muita frieza para limpar a jogada e finalizar, de fora da área, com maestria: 2 a 0 para o Goiás.

SEGUNDO TEMPO

ETAPA COMPLEMENTAR COMEÇA IGUAL O PRIMEIRO TEMPO
Os times voltaram para o segundo tempo igual terminaram o primeiro: criando ótimas chances para marcar. A diferença foi que o goleiro Glédson, do Avaí, trabalhou bastante. Graças a ele, as finalizações de David Duarte e Alef Manga não entraram.

Quem também evitou que o placar fosse movimentado no início da etapa complementar foi o goleiro Tadeu. Ele salvou a equipe Esmeraldino após grande oportunidade desperdiçada por Jonathan, dentro da área.

GOIÁS MATA O JOGO
Apesar do Leão da Ilha se esforçar muito para diminuir o prejuízo, o time Esmeraldino era melhor e mais perigoso. E o Goiás mostrou que não faz gol só com a bola rolando. Após cobrança de escanteio, Caio Vinícius antecipou Glédson e marcou: 3 a 0 para o Goiás, aos 16 minutos.

AVAÍ TENTA DIMINUIR O PREJUÍZO, MAS TADEU GARANTE OS 3 A 0
O Avaí mostrou muito brio mesmo tomando de 3 a 0. O Leão da Ilha foi para cima atrás de diminuir o prejuízo, mas o goleiro Tadeu fez grandes defesas e salvou o time Esmeraldino de ser vazado. Placar final: Goiás 3, Avaí 0.

GOIÁS 3×0 AVAÍ - 6ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B
Estádio: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Data: 22 de junho de 2021, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Zandick Gondim Alves Jr. (RN)
Assistentes: Vinícius Melo de Lima (RN) e Luís Carlos de França Costa (RN)
Cartões amarelos: David Duarte (GOI); Jean e Jô (AVA)
Cartões vermelhos:
Gols: Apodi, 34’/1ºT; Bruno Mezenga, 38’/1ºT; Caio Vinícius, 16’/2ºT

Goiás (Técnico: Pintado)
Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo (Jefferson, aos 24’/2ºT); Caio Vinícius, Breno, Élvis (Albano, aos 33’/2ºT) e Luan Dias (Éverton Brito, aos 21’/2ºT); Alef Manga e Bruno Mezenga (Dadá Belmonte, aos 33’/2ºT).

Avaí (Técnico: Claudinei Oliveira)
Glédson; Edilson (Iury, aos 37’/2ºT), Alan Costa, Fágner Alemão e Diego Renan; Jean (Luan Silva, aos 18’/2ºT), Wesley, Lourenço (João Lucas, aos 28’/2ºT), Vinícius Leite e Renato (Valdívia, aos 18’/2ºT); Jonathan (Jô, aos 28’/2ºT).