Sornoza, do Fluminense

Sornoza vai sair do Fluminense (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.)

Luiza Sá e Marcello Neves
12/12/2018
13:19
Rio de Janeiro (RJ)

A negociação entre Fluminense e Sornoza se encaminha para um desfecho e está bem avançada. Para liberar seu camisa 10, o Tricolor pediu o lateral-esquerdo Moisés e o meia Marquinhos Gabriel. O primeiro ainda passa por conversas para aceitar ou não a proposta. Já o segundo está praticamente acertado por conta do diretor de futebol Paulo Angioni. O dirigente e o atleta trabalharam juntos no Bahia.

- Existia uma dúvida se o Marquinhos queria voltar ao Brasil. Fiz contato com ele e o jogador disse que viria. Muitas vezes o jogador é tratado de forma irracional. Ele é normal como nós. Ele me disse que quer vir. Marquinhos me disse que o Fluminense é grande demais e que não poderia negar um pedido meu. Falou que eu o ajudei no pior momento de sua vida - afirmou Angioni. 

Alguns nomes foram disponibilizados pelo Corinthians para o Fluminense durante o acerto da transação. Os escolhidos pela equipe das Laranjeiras chegariam ao clube com custo zero, já que o Timão vai arcar com 100% dos salários. 

Além disso, o clube paulista quer obter 100% de Sornoza e não apenas os 60% que o Flu tem atualmente. Não está acertado ainda se será uma compra ou um empréstimo inicialmente. Entretanto, o dinheiro recebido futuramente na negociação será exclusivamente para quitar a dívida com o Independiente del Valle. 

Como, a princípio, o Flu não teria dinheiro para renovar com o meia ao final do contrato em 2019, o clube viu a transferência como uma oportunidade de resolver a pendência com os equatorianos e ainda repor com jogadores no elenco através dos empréstimos.