CSA x Cuiabá

(Reprodução/Premiere)

Futebol Latino
16/09/2020
21:14
Maceió (AL)

Em partida adiada válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, CSA e Cuiabá se enfrentaram na noite deste quarta-feira (16), no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Conseguindo sair na frente com Rodrigo Pimpão, o Azulão ainda sofreu o empate na reta final da primeira etapa com Maxwell. Já na segunda etapa, o Dourado, em cobrança de pênalti de Elvis, deu números finais ao duelo.

Sendo assim, os comandados de Argel Fucks seguem no Z4, na última colocação com apenas 4 pontos. Já os comandados de Chamusca chegaram aos 18 pontos, ocupando a vice-liderança da competição.

O jogo

Com um início morno, as duas equipes buscavam tentar manter a posse de bola visando ganhar terreno e investir nas jogadas ofensivas. Nas poucas chegadas, os chutes de fora praticamente não causavam perigo aos goleiros Matheus Mendes e João Carlos, isso até meados dos 15 minutos.

Aos poucos o Azulão passou a ditar mais o ritmo do confronto, mantendo-se em seu campo de ataque. Em duas boas chegadas, sendo a primeira com Pimpão finalizando de pé de esquerdo e, na segunda com Paulo Sérgio pegando rebote para outra boa defesa do camisa 1 do Dourado, por pouco a equipe local não conseguiu abrir a contagem no Rei Pelé.

Motivado pela pressão, o CSA, aos 26 minutos, finalmente encontrou seu tento. Após Yago arriscar de fora da área, o zagueiro Everton Sena acabou se atrapalhando no lance, dando a sobra para Pimpão finalizar com precisão. 1 a 0.

Com a desvantagem no marcador, o Cuiabá passou a tentar pressionar a saída de bola rival. E deu certo. Aos 41 minutos, avançando com velocidade em uma das chegadas, Felipe Ferreira lançou para Maxwell, que, em boas condições e sem marcação, bateu com força para o fundo das redes, levando o resultado parcial de 1 a 1 para os vestiários.

No retorno das equipes para a etapa final, apenas técnico Marcelo Chamusca optou por uma mudança, tirando o volante Auremir para dar entrada ao zagueiro Luiz Gustavo. Até meados dos 15 minutos, o panorama do confronto era bem agitado, com uma marcação muito pesada dos dois lados, o que acabou gerando cartões amarelos para Matheus Barbosa, do Cuiabá, e Márcio Araújo, do CSA.

Até meados dos 30, a equipe de Chamusca até que conseguiu oferecer um certo perigo, como nos chutes de Lucas Hernández , Felipe Ferreira e Maxwell, fazendo com que o goleiro rival trabalhasse nos lances. Sendo assim, Argel promoveu mais algumas trocas na expectativa de dar um novo gás ao seu time.

Com o confronto se encaminhando para a reta final, aos 37 minutos, o Cuiabá chegou ao seu gol da virada. Após pênalti marcado pela arbitragem em chute de Maxwell que pegou no braço de Alan Costa, Elvis cobrou e fez. 2 a 1.

Apesar da insistência da equipe alagoana nos acréscimos, o sistema defensivo do Dourado levou a melhor na marcação evitando ser surpreendido e garantindo mais três pontos na classificação.