LANCE!
28/02/2021
21:55
São Paulo (SP)

No primeiro jogo da final da Copa do Brasil 2020, o Palmeiras venceu o Grêmio por 1 a 0 no estádio do adversário, com gol de Gustavo Gómez, e vai com vantagem para o jogo de volta, que acontece no próximo domingo (07), no Allianz Parque. Um empate no confronto de volta dará ao time alviverde seu quarto título na história do torneio nacional. Os gaúchos precisam vencer por dois ou mais gols de diferença para levar o troféu. Em caso de vitória simples do Tricolor gaúcho, a definição irá para os pênaltis.

Jogo começa pegado e com falta de criatividade

O jogo de ida da Copa do Brasil não podia começar diferente, com as duas equipes se estudando e já se provocando desde o apito inicial. Kannemann era o jogador em campo que estava mais elétrico e que buscava o contato com os atacantes palmeirenses nas jogadas ofensivas. O zagueiro até chegou a travar um pequeno duelo com Luiz Adriano, mas que foi disperso rapidamente.

As equipes tentavam sempre chegar o mais perto possível dos gols com o toque de bola e não usavam os chutes de longe. Raphael Veiga e Rony até tentaram arriscar de fora da área em cobranças de falta e Alisson pelo lado do Grêmio.

Comemoração do Gol
Gustavo Gómez fez o gol da vitória (Foto: Cesar Greco / SE Palmeiras)


Se a bola rolando não funciona, use a bola parada

O Palmeiras não vinha usando os seus homens de área e sempre tentava sair jogando com toques curtos, assim Luiz Adriano ficava muito isolado no ataque, além dos zagueiros, que quando subiam para o ataque, não recebiam a bola na cabeça.

No terceiro escanteio do jogo apenas, Abel Ferreira colocou todos os jogadores altos na entrada da área e assim que a cobrança foi feita, todos entraram e Gustavo Gómez apareceu livre para cabecear firme, sem chances para Paulo Victor defender. Assim o Verdão foi para o intervalo com a vantagem no placar em primeiro tempo que não teve muitas emoções.

Palmeiras volta mais atrás e sem dar espaços para o Grêmio

O Palmeiras voltou do intervalo com uma postura mais cautelosa e esperava mais o Grêmio no campo de defesa, porém quando tinha a bola, subia com velocidade ao ataque para tentar pegar a defesa Tricolor desarrumada, principalmente quando a bola chegava em Rony ou Wesley.

A defesa alviverde não deixava que os atacantes mandantes trabalharem e a posse de bola gremista ficava entre a zaga, não colocando para participar no jogo quem precisava como Diego Souza e Pepê.

Luan expulso e a mudança de rumo do jogo

Aos 20 minutos do segundo tempo, Luan acertou Diego Souza no rosto e recebeu o catão vermelho direto. Com um homem a mais, Renato colocou mais jogadores ofensivos e passou a criar chances muito perigosas, principalmente com Ferreirinha pelo lado direito, que bagunçava a defesa do verdão com as jogadas individuais muito rápidas. Churín também passou a ser mais um alvo do ataque, colocando ainda mais estatura dentro da área palmeirense.

Precisando do resultado, Renato mandou todo o time para o ataque e buscava aproveitar a vantagem numérica no campo. Abe Ferreira respondeu colocando mais jogadores de velocidade e defesa, como Gabriel Veron e Danilo. Dessa forma o jogo virou um ataque contra defesa e o Palmeiras se segurava do jeito que podia com 10 homens.

Apesar da blitz dos mandantes, os zagueiros alviverdes prevaleceram e conseguiram parar o adversário e levam um resultado importante para o segundo jogo, em São Paulo.

No jogo de volta, o Palmeiras recebe o Grêmio, no Allianz Parque, no próximo domingo (07), às 18h. 

Ficha técnica
GRÊMIO 1 x 1 PALMEIRAS
Local:
Arena do Grêmio
Data-Hora: 28/02/2021 – 21h00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa-RJ e Alessandro Alvaro Rocha de Matos-BA
VAR: Rodrigo Nunes de Sa-RJ, Caio Max Augusto Vieira-RN e Diogo Carvalho Silva-RJ
Público/renda: SEM PÚBLICO
Cartões amarelos: Diogo Barbosa, Kannemann e Vanderson (GRE); Zé Rafael e Willian (PAL)
Cartões vermelhos: Luan (PAL)
Gols: (PAL) Gustavo Gómez (32’/1ºT) - (0-1)

GRÊMIO: Paulo Victor; Victor Ferraz (Churín, 26'/2ºT), Paulo Miranda (Thaciano, 36'/2ºT), Kannemann e Diogo Barbosa; Maicon (Ferreira, 26'/2ºT) e Matheus Henrique; Alisson (Vanderson, 36'/2ºT), Jean Pyerre (Isaque, 36'/2ºT) e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Felipe Melo (Zé Ricardo, 24'/1ºT) e Zé Rafael (Danilo, 31'/2ºT); Wesley (Alan Empereur, 22'/2ºT), Raphael Veiga (Gabriel Menino, 22'/2ºT) e Rony (Mayke, 31'/2ºT); Luiz Adriano (Gabriel Veron, 26'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira