Caxias x Grêmio

Foto: Reprodução/TV

Futebol Latino
03/02/2019
18:52
Caxias do Sul (RS)

O fato do Grêmio ter optado por uma equipe alternativa não interferiu na fase de vitórias no Campeonato Gaúcho. Nesse domingo (3) frente ao Caxias na Serra Gaúcha, mais precisamente no Estádio Centenário, o Tricolor saiu vencedor por 3 a 0, dois tentos do jovem Pepê.

Com o resultado, a equipe de Renato Portaluppi continua na ponta da competição agora com 10 pontos ganhos. Já o Caxias, que tinha justamente a chance de passar a frente do adversário, estacionou nos sete pontos ganhos e segue, ao menos provisoriamente, na vice-liderança.

LADO "QUENTE"

O setor onde jogavam o lateral-direito do Caxias, Muriel, e Juninho Capixaba pelo lado visitante era onde a bola girava com mais opções e também o local de surgimento de grande parte das tramas ofensivas. Contudo, apesar desse embate onde Pepê e Foguinho ainda serviam como auxiliares no trabalho do setor, faltou a construção de lances que resultassem em chute de perigo ao gol de Lee ou de Júlio César.

ATACANTES COM VIDA DIFÍCIL

Seja pelos passes errados ou em função do correto posicionamento das defesas de Caxias e Grêmio, Júnior Juazeiro e André trabalharam com pouca eficiência nos momentos em que tiveram a posse. De costas para o gol e constantemente em inferioridade numérica, os centroavantes de características mais dentro do que fora da área viraram presas fáceis.

SAIU A PRIMEIRA DEFESA...

Se nos 45 minutos iniciais os arqueiros praticamente não trabalharam, logo aos três minutos Júlio César foi exigido de maneira importante quando Eliomar antecipou a zaga gremista e testou para fazer o goleiro usar todo o seu reflexo. Logo na sequência, Muriel pegou rebote em cruzamento na zaga do time porto-alegrense e fez com que o goleiro do Grêmio tivesse que saltar para garantir que a bola não o encobrisse.

... E O PRIMEIRO GOL!

Depois de bom trabalho infiltrando em seguidos lances, quis o destino que fosse um chutão de Juninho Capixaba o início da jogada de gol do Tricolor. Com a zaga Grená afastando mal, Jean Pyerre ajeita para Pepê bater bonito, de chapa, longe do alcance de Lee.

DIA DE PEPÊ

Na roubada de bola, o Grêmio usou da sua capacidade na movimentação encontrando os espaços para ampliar a dianteira na Serra Gaúcha por intermédio de Pepê. André roubou a bola já no ataque e serviu uma bola "açucarada" para que o camisa 7 batesse por baixo de Lee e fizesse a festa com o bom contingente de gremistas que foram ao Centenário.

QUASE O TRIPLETE!

A partida ficou bastante animada, com as duas equipes tendo oportunidades de mexer novamente no placar. A mais aguda delas veio quando Thaciano limpou a marcação e viu bem a infiltração de Pepê que, frente a frente com Lee, soltou o pé e mandou a bola no travessão.

O PRIMEIRO DE VIZEU

O atacante recém-contratado pelo Grêmio junto a Udinese-ITA já desencantou na sua segunda partida entrando em campo pelo time gaúcho. Após cruzamento rasteiro feito por Leonardo, o centroavante revelado no Flamengo teve apenas o trabalho de empurrar para as redes e fechar a conta no interior do Rio Grande do Sul.