Corinthians x São Paulo

Timão e São Paulo empataram nos dois jogos que disputaram na temporada (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Fábio Lázaro
30/06/2021
23:28
São Paulo (SP)

Corinthians e Sâo Paulo fizeram um clássico Majestoso muito pouco movimentado na noite desta quarta-feira (30), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena. 

Com o Timão mais disposto a se defender do que atacar, e o Tricolor pouco criativo, a partida disputada sobre o gelado ambiente de Itaquera, com 8ºC terminou empatada em 0 a 0. 

AS NOTAS DO CLÁSSICO:
> ATUAÇÕES: Sistema defensivo do Corinthians é o destaque no empate 
> ATUAÇÕES: Zaga vai bem, mas setor de criação joga mal, e São Paulo empata 

O time do Morumbi teve mais posse de bola, mas foi o Alvinegro do Parque São Jorge quem finalizou mais, 8 a 6, sendo que três de cada lado foi em direção ao gol. 

Volpi e Cássio fizeram boas defesas, uma em cada tempo, no que foram os melhores momentos do jogo. 

MILAGRES DE VOLPI

Um início de jogo cadenciado das duas partes, teve o primeiro momento de perigo ao 15 minutos de jogo, com o Corinthians. Fagner cobrou falta pelo lado direito, cruzando para Gil no meio da área cabecear no canto direito do goleiro Tiago Volpi que espalmou. No rebote, Mateus Vital finalizou cruzado para nova defesa do arqueiro são paulino.

SÃO PAULO ACORDA

Na faixa dos 30 minutos do primeiro tempo, o São Paulo acordou. O time tinha mais a bola durante toda a etapa inicial, mas teve muitas dificuldades em quebrar as linhas baixas do Corinthians. Quando o Timão se lançou ao ataque, o Tricolou aproveitou para contra-atacar, com Benitez pelo lado direito, cruzando na entrada da pequena área, para Eder completar por cima do gol.

Na sequência, Daniel Alves deixou Eder novamente na cara do gol, mas o goleiro Cássio, do Timão, cresceu e fez a firme e boa intervenção.

MILAGRES DE CÁSSIO 

O segundo tempo parecia ser mais movimentado, quando o Corinthians se lançou ao ataque nos primeiros minutos, mas logo a partida caiu o ritmo e os times deixaram de criar chances claras de gol. 

A primeira grande chance aconteceu aos 28 minutos da etapa final, com o Tricolor, em duas finalizações seguidas defendidas por Cássio. A primeira foi de fora da área, com Rodrigo Nestor, já a segunda foi com Vitor Bueno. 

Sem muitas emoções a mais, a não ser um princípio de confusão entre os jogadores das duas equipes, o gelado Majestoso terminou sem gols. 

CORINTHIANS 0 X 0 SAO PAULO - 8ª RODADA DO BRASILEIRÃO

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e Hora: 30 de junho de 2021, às 21h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (RS)
Público e renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Mateus Vital (Corinthians); Lizieiro (São Paulo)
Cartão vermelho: 

GOLS:


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel (Roni, 26'/2T), Cantillo e Vitinho; Gustavo Mosquito (Marquinhos, 18'/2T), Jô e Mateus Vital (Xavier, 46'/2T). Técnico: Sylvinho

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda (Diego Costa, 43'/2T) e Léo; Igoer Vinícius, Luan (Igor Gomes 43'/2T), Lizieiro (Rodrigo Nestor, 28'/2T), Daniel Alves, Benitez (Rigoni, 10'/2T) e Reinaldo; Eder (Vitor Bueno, 28'/2T). Técnico: Juan Branda