Vinícius Faustini
21/02/2019
08:00
Fortaleza (CE)

O Clássico das Cores ganhou tons mais fortes no Campeonato Cearense em 2019. Nesta quinta-feira, às 20h, Fortaleza e Ferroviário se encontrarão pela primeira vez após terem sido campeões de divisões nacionais no ano passado. Às vésperas do duelo, válido pela 4ª rodada, sobram expectativas para manter o futebol do estado em ascensão:

- O futebol cearense vem crescendo bastante, não só com este confronto de campeões nacionais que vamos ter amanhã (quinta-feira). Tem a permanência do Ceará na Série A, a gente (Fortaleza) subiu da Série B com o título... - detalhou ao LANCE! o atacante Éderson, do Tricolor do Pici, que trouxe suas perspectivas sobre o clássico:  

- Vai ser um grande jogo, um grande espetáculo. As duas torcidas vão ficar felizes, porque verão as duas equipes buscando o resultado. 

Esperança de gols do Ferroviário desde a conquista da Série D, o artilheiro Edson Cariús exalta a dimensão que o clássico ganhou em 2019:

- Ah, ter uma disputa bem sadia de dois campeões nacionais é muito bom para o Campeonato Cearense. Aqui era um futebol bem carente de títulos. Desde o Guarany de Sobral em 2010 (vencedor da Série D), não havia um campeão nacional. Agora, temos Fortaleza e Ferroviário se encontrando como vencedores...

TRICOLOR DO PICI: CENI SEGUE, MAS COM ELENCO BEM REFORMULADO

Ederson - Fortaleza
Éderson já fez dois gols no Estadual (Foto: Leonardo Moreira/ FortalezaEC)

O ano da volta à elite tem sido repleto de obstáculos para o Fortaleza. De acordo com o diretor executivo, Sérgio Papellin, a equipe ainda tem se adaptado às mudanças de elenco:

- A gente teve dificuldades para montar todo o elenco. Saíram muitos jogadores importantes da conquista da Série B, como o Marcinho e o próprio Gustagol, que estavam emprestados. Em compensação, a gente vem repondo, trouxemos o Paulo Roberto, o uruguaio Santiago Romero... Mas a gente ainda não fechou o elenco. Seguimos atrás de um meia e de um camisa 9 para a disputa da Série A.

Nova esperança de gols, Éderson diz: 'Se for artilheiro, será gratificante. Mas prioridade é o time'


Um dos remanescentes da conquista da Série B, Éderson crê que o Tricolor do Pici tem condições de evoluir na temporada: 

- Chegaram muitos jogadores novos, até assimilar é muito difícil. O Rogério Ceni está passando as informações, passando como a equipe joga e acredito que todos estão entendendo bem. Acho que vamos melhorar com o decorrer do ano. A atuação da equipe, inclusive, melhorou no último jogo, apesar da derrota. 

Com a saída de Gustagol, Éderson tornou-se a esperança de gol no Pici neste início de temporada. Embora reconheça seu bom momento no Campeonato Estadual (no qual a equipe de Rogério Ceni entrou apenas na Segunda Fase), o atacante diz que sua prioridade é levar o Fortaleza ao título:

- Comecei o campeonato bem, fazendo dois gols e venho tendo a oportunidade de jogar. Olha, espero aproveitar a chance e marcar sempre gols. Caso chegue até o final como artilheiro, será bastante gratificante para mim, mas penso primeiro em um resultado positivo da equipe. 

TUBARÃO DA BARRA: BASE MANTIDA E UM CAMISA 9 COM FARO DE GOL

Edson Cairús - Ferroviário-CE
'Vou me dedicar para ir bem no Ferroviário', diz Cariús (Foto: Reprodução)

Embora tenha mudado de patamar após a conquista da Série D, o Ferroviário confia na base de 2018 para se consolidar nesta temporada. Segundo o técnico Marcelo Vilar, a opção da diretoria ocorreu devido às limitações financeiras do clube:

-  É uma forma de a gente ter continuidade no nosso planejamento. Não temos os mesmos recursos financeiros do Fortaleza e do Ceará. Assim, preferimos manter muitos dos nossos jogadores e contratamos reforços pontuais, que vêm contribuir muito para a equipe.

'A responsabilidade só aumenta, né? O torcedor quer ver mais gols', diz Edson Cariús, artilheiro do Ferroviário


Edson Cariús continua a honrar a fama de artilheiro. Após ter sido goleador da Série D (com 11 gols), ele já marcou oito gols na campanha do Ferroviário no Campeonato Cearense. O atacante está ciente da responsabilidade que carregará nesta quinta-feira:

- A responsabilidade só aumenta, né? Com a gente marcando, o torcedor cada vez mais quer ver gol. Por isso, vou me dedicar o máximo possível, porque sei que todos esperam muito de mim e espero ajudar o Ferroviário.


Cariús vê o trabalho do técnico Marcelo VIlar como crucial para a evolução da equipe, que disputa o Campeonato Cearense desde a Primeira Fase:

- Sem dúvida, ele mudou a cara da equipe desde o ano passado. Tem feito muito a diferença para que a gente jogue bem. 

A EXPECTATIVA PELO CLÁSSICO DAS CORES

Montagem Fortaleza e Ferroviario
Espera de um grande jogo marca os atacantes (Foto: Divulgação)

Às vésperas da bola rolar no Castelão, os jogadores preveem um Clássico das Cores bastante equilibrado. Afinal,  ambas as equipes estão com seis pontos e na "caça" ao líder Ceará (que está com nove).

Aos olhos de Éderson, cabe ao Fortaleza comprovar que pode se impor diante de uma equipe que  se mostrou forte:

- O Ferroviário é uma equipe que vem fazendo grandes jogos. Eles mostraram que têm muita qualidade, que brigam bastante, como foi contra Ceará e Corinthians. Mas estamos preparados para fazer grandes jogos. Além disto, o Cearense é um campeonato curto e temos de pontuar.

Já Edson Cariús não esconde que o Ferroviário terá uma luta acirrada. Mas confia em uma equipe que sabe correr por fora:   

- Sabemos que, do outro lado, tem um time gigante e que o clássico se decide em detalhes. Mas o fato de a gente ter mantido a base é um fator positivo para nós. A gente está correndo por fora neste Estadual. Sabemos das batalhas que vamos ter, mas vamos tentar.

No Campeonato Cearense, pintam cores cada vez mais emocionantes.