Oeste x Brasil de Pelotas

Divulgação/Oeste

LANCE!
08/08/2019
23:40
Futebol Latino

Em Barueri, Oeste e Brasil de Pelotas empataram por 1 a 1, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o empate, o Oeste agora soma 18 pontos e fica na 14ª posição na tabela. O Brasil de Pelotas também vai para 18 pontos e permanece na 13ª colocação.

Na próxima rodada, o Oeste vai ao Antônio Accioly, em Goiânia, enfrentar o Atlético-GO. Já o Brasil de Pelotas vai encarar o Coritiba, no Couto Pereira. Os dois jogos acontecem no dia 13 de agosto.

A partida

Os primeiros 18 minutos foram de domínio total do Oeste. O problema é que a equipe paulista tinha dificuldade em transformar a superioridade em chances de perigosas. Enquanto isso, o Brasil de Pelotas adotava uma postura defensiva e não dava espaço para infiltrações.

A insistência do Oeste deu resultado e os paulistas conseguiram furar a defesa do Xavante. Aos 19 minutos, Matheus Oliveira recebeu dentro e cruzou para Fábio, o atacante cabeceou, mas Ednei estava lá para salvar em cima da linha.

Dois minutos depois, Fábio teve outra chance. Ele recebeu excelente passe, mas faltou capricho na hora da finalização.

Aos 22, o Oeste foi recompensado pela insistência. Cicinho efetuou cruzamento, a bola sobrou no pé de Bruno Lopes. O atacante bateu de maneira inapelável e inaugurou o marcador: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Brasil de Pelotas foi à luta em busca do empate e quase marcou, aos 24 minutos. Rafael Grampola recebeu belo passe dentro da área e bateu no canto, a bola passou raspando a trave.

O segundo tempo começou com Oeste quase ampliando o placar em cabeçada de Fábio, a bola passou lambendo a trave.

Mas o Xavante estava disposto empatar a partida de qualquer maneira. Aos 6, Caetano falhou feio ao tentar proteger a bola. Ela sobrou para Cristian que finalizou sem chances para o goleiro Luís Carlos: 1 a 1.

O jogo fica equilibrado e tudo podia acontecer. O problema é que aos 16 minutos, o melhor jogador da equipe Xavante, Cristian, foi substituído e daí para frente só deu Oeste.

Uma das chances mais perigosas criadas pelo time Paulista foi aos 26. Alyson ajeitou com categoria para Bruno Lopes que finalizou muito bem, mas Carlos Eduardo fez bela defesa.

Aos 29, em contra-ataque rápido, a bola é passada para Fábio que não consegue finalizar, só que a bola sobrou para Léo Ceará que chutou, só que Ednei estava lá para salvar o Xavante.

Aos 39, outra chance do Oeste. Só que Elvis não conseguiu aproveitar a oportunidade.