Flamengo x Bangu

Diego celebra primeiro gol do Flamengo sobre o Bangu (Divulgação Flamengo

Alexandre Araújo
20/01/2019
19:11
Rio de Janeiro (RJ)

O primeiro passo do Flamengo no Carioca foi com vitória. Em tarde de casa cheia, apresentação de reforços e erro da arbitragem, o Rubro-Negro bateu o Bangu por 2 a 1, de virada. Diego, de pênalti (no início da jogada que originou a infração, a bola saiu antes do cruzamento de Renê), e Rhodolfo garantiram o triunfo. Anderson Lessa foi quem abriu o placar. O camisa 10 do Flamengo ainda desperdiçou uma penalidade no segundo tempo, defendida por Jefferson.

Antes de a bola rolar, os reforços Gabigol e Arrascaeta foram a campo para dar uma saudação à torcida.


Na próxima rodada, o Flamengo encara o Resende, em Volta Redonda, enquanto o Bangu pegará o Botafogo, no Nilton Santos.

Mesma base
Na estreia, Abel Braga optou por manter a base do time que terminou o ano, modificando apenas a zaga - Leo Duarte foi para o banco e a dupla foi formada por Rhodolfo e o recém-contratado Rodrigo Caio.


Gol-relâmpago
O jogo mal havia começado e o Bangu balançou a rede. Logo aos dois minutos, após cobrança de lateral, Anderson Lessa ganhou de Rodrigo Caio no alto e abriu o placar.

Erro e empate
O Flamengo, então, foi em busca do empate. Após boas defesas de Jefferson, o time rubro-negro conseguiu celebrar, em cobrança de pênalti de Diego. Porém, o lance ficou marcado por um erro da arbitragem. Em disputa na linha de fundo, a bola sai, mas Renê manda para a área e Diego finaliza. Jefferson defende e, quase em cima da linha, a bola pega no braço de Felipe Dias, que acaba expulso.


Virada pelo alto

Com um a mais, o Flamengo mandou no segundo tempo e pouco levou sustos. A virada veio em uma cobrança de escanteio ensaiada que Rhodolfo, de cabeça, aproveitou.

Perdeu!
O placar poderia ter sido mais elástico. Após bobeada de Dieyson, Everton Ribeiro roubou a bola e foi derrubado na área. Diego bateu e Jefferson defendeu.

Reações diferentes
Vitinho não esteve em uma tarde muito inspirada e acabou sendo alvo de vaias da torcida. Diego, que negocia renovação, por sua vez, foi aplaudido e teve o nome gritado ao ser substituído.