João Vítor Castanheira
12/05/2019
18:30
Belo Horizonte (MG)

Poucas mulheres sorriram mais do Cleusa Corsini neste domingo de Dia das Mães. De presente, ela ganhou dois gols do filho Bruno Henrique, que deram a vitória ao Palmeiras por 2 a 0 contra Atlético-MG, no Mineirão, na partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Alviverde assume a liderança da competição. 

O Verdão volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Santos, em casa, no duelo entre líder e vice-líder, empatados com 10 pontos (a equipe da capital leva vantagem no saldo de gols). Curiosamente, a próxima partida do Galo também é contra o Peixe, mas na quarta-feira, pela Copa do Brasil. 


TABELA
-> Veja como fica a classificação do Brasileirão

ADVERSÁRIO QUASE IMPLACÁVEL
O Palmeiras conheceu cedo o que viria a ser um grande adversário no primeiro tempo: a "bochecha" externa da rede do Galo. Aos oito, Veiga achou Deyverson livre na área. Sozinho, o atacante finalizou na rede, pelo lado de fora. Aos 12, um repeteco: O camisa 19 chegou finalizando o cruzamento rasteiro de Diogo Barbosa, e adivinhe onde acertou? Isso mesmo: a parte externa do gol alvinegro.

RESPOSTA ALVINEGRA
​O Palmeiras começou assustando, mas o Atlético-MG foi o primeiro a fazer o goleiro adversário trabalhar. Geuvânio tabelou com Elias, invadiu a área pela esquerda e, com pouco ângulo, bateu para a defesa de Weverton. Logo depois, o zagueiro Réver avançou pela intermediária e soltou a bomba de fora da área - que o camisa 21 alviverde, de novo, voou para defender.

ENSAIO E GOL
Aos 42, o Verdão quase abriu o placar. Felipe Melo lançou, Marcos Rocha fez o desvio e Dudu bateu com muito perigo, de novo, no lado de fora da rede. No lance seguinte, o gol alviverde. Bruno Henrique recebeu de Veiga na entrada da área e soltou uma bomba no ângulo esquerdo, sem chances para Victor.

COMEÇOU COMO TERMINOU
O Palmeiras voltou com tudo, e aos seis minutos, já havia chegado com Veiga em duas oportunidades. Mas foi aos sete que a ‘blitz’ deu resultado: Bruno Henrique tabelou com Dudu pela esquerda, recebeu a bola na entrada da área e bateu no cantinho de Victor para fazer o segundo dele e do Alviverde no jogo.

APOSTA NA DEFESA
Após construir a vantagem, no melhor estilo Felipão, o Palmeiras reduziu a intensidade na marcação, deu a bola para o Atlético-MG, e controlou o resultado. Dessa forma, o Alviverde manteve a escrita: desde o retorno de Scolari, a equipe nunca sofreu uma virada. 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 0 x 2 PALMEIRAS
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/Horário: 12/05/2019, às 16h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS) Nota L!:
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Jr. (RS)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes de árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS), Grazianni Maciel Rocha (RJ) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Público/renda: 24.368 pessoas / R$ 503.695,00
Gramado: Ótimo
Cartões Amarelos: R. Veiga, D. Barbosa e Felipe Melo (PAL)

Gols: Bruno Henrique 43'/1ºT (0-1), Bruno Henrique 6'/2ºT (0-2)

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson (Nathan 10'/2ºT), Elias, Geuvânio (Vinícius 30'/2ºT), Luan e Chará; Ricardo Oliveira (Alerrandro, 23'/2ºT). Técnico: Rodrigo Santana

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Moisés 22'/2ºT); Dudu (Felipe Pires, 2ºT), Zé Rafael (Hyoran 40'/2ºT) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari