Cuiabá x CSA

(Reprodução/SporTV)

Futebol Latino
21/11/2020
19:55
Cuiabá (MT)

Medindo forças pelo Brasileirão Série B, Cuiabá e CSA se enfrentaram na noite deste sábado (21), pela 22ª rodada da competição, na Arena Pantanal. E os alagoanos se deram bem.

Com gol de Rodrigo Pimpão, ainda no primeiro tempo, o Azulão chegou aos 31 pontos, pulando para a 9ª colocação. Já o Dourado, com o tropeço em casa, acabou perdendo a chance de voltar ao G4, ficando na 5ª colocação com seus 37 pontos, tendo agora a mesma pontuação de Juventude (4º) e Sampaio Corrêa (3º).

O jogo

Nos primeiros movimento de jogo, ambos os times optaram por tentar ficar mais com a posse de bola. Arriscando algumas jogadas ofensivas, os dois lados praticamente não finalizavam, deixando os goleiros tranquilos.

Na sequência, o panorama do jogo mantinha-se o mesmo. Entretanto, o CSA tentava dificultar a vida do Cuiabá apertando mais a marcação, fazendo com que o time da casa não tivesse como sair jogando.

Até que aos 30 minutos, o Azulão, aproveitando seu bom momento no confronto, abriu a contagem na Arena Pantanal. Recebendo na entrada da área, o atacante Rodrigo Pimpão mandou de cobertura não dando chances para o goleiro João Carlos, marcando um golaço. 1 a 0.

Na desvantagem, o Dourado foi pra cima para, ao menos, tentar o seu gol de empate antes do término da etapa. Porém, em uma única chance, Hayner acabou chutando sobre seu próprio colega de time lamentando o erro, dando a chance para a equipe alagoana, minutos mais tarde, quase ampliar com Norberto, mas a bola acabou indo na trave.

Tentando reverter a situação no segundo tempo, o Cuiabá acelerou o ritmo nos primeiros minutos. Com boas aparições em seu campo de ataque, acabou falhando nas finalizações, não oferecendo perigo ao goleiro Matheus Mendes.

Na sequência, os visitantes voltaram assustar a equipe local. Em uma tentativa de Rodrigo Pimpão, o chute do craque acertou a trave, graças ao toque de João Carlos, quase fazendo o segundo.

Até meados dos 35 minutos, com direito a algumas substituições dos dois técnicos, o jogo praticamente não teve grandes emoções. Com isso, a zaga do CSA praticamente manteve-se atenta a qualquer investida rival.

Nos minutos finais, com direito a seis de acréscimos dado pelo árbitro, o Azulão optou por segurar a posse de bola. Com isso, foi a deixa para a arbitragem colocar um ponto final na Arena Pantanal, com direito a vitória suada dos visitantes.