Coletiva Zidane - Real Madrid

Zidane voltou ao comando da equipe do Real Madrid nesta segunda-feira (Foto: AFP)

LANCE!
11/03/2019
16:47
Madri (ESP)

Zidane deu a sua primeira entrevista coletiva, nesta segunda-feira, após o seu retorno ao comando técnico do Real Madrid. O francês disse que recebeu propostas, mas que não teve dúvidas sobre o seu retorno. Também comentou sobre a passagem passada e os motivos de sua saída. Por fim, exaltou o clube e ressaltou a vontade de comandar a equipe. Confira os melhores momentos da coletiva.

Recomeço
- É um dia especial para todos. Estou muito feliz de voltar para casa. Quero trabalhar e botar esse clube aonde ele deve estar. Amanhã já começo a trabalhar. Estou contente de retornar


Motivos da saída
- Eu deixei o clube porque necessitava fazer. O elenco precisava de uma mudança após ganhar tudo. O clube precisava mudar. Florentino me chamou e como gosto muito do Real Madrid, estou aqui. Há oito meses que tenho gana de voltar a treinar. No final da temporada, tomei essa decisão para o bem de todos

Mudanças
- Vamos mudar algumas coisas para o próximo ano. Agora não se trata disso, o importante é que voltei e tenho que falar com Florentino para ver o que podemos fazer. Faltam onze partidas e queremos acabar bem

Outras propostas
- Quero ser claro. Fui embora no momento certo. Os jogadores e o vestiário precisam disso. Não gostei de sair, mas acredito que, depois de dois anos e meio, ganhando, algo deveria mudar. Eu tive várias propostas, mas não quis ir para outras equipes, queria estar aqui

Parte do clube
- Em nove meses não dei uma entrevista. O que posso dizer é que quando o presidente me chamou, não pude dizer que não. Eu estava fora, mas era como se estivesse dentro. Não fiquei contente como as coisas aconteceram.

Zidane e Florentino Pérez - Real Madrid
Zidane falou sobre seu retorno (Foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP)

A volta
- Não penso que posso manchar a minha imagem anterior. Meu coração me disse que descansou esses meses. Há quatro meses atrás, talvez, tivesse sido diferente. Mas agora é uma boa hora para voltar

Competitividade
- A partir de amanhã quero estar com os jogadores. Vi toda a temporada e eles sabem que foi um ano difícil. O futebol é assim. Mesmo estando de fora, vi que foi difícil. Agora tenho que estar com eles e seguir trabalhando. Para sermos outra vez competitivos