Cadiz x Valencia - Acusação de racismo de Mouctar Diakhaby a Juan Cala

Diakhaby é o primeiro jogador do Valencia na foto da direita para a esquerda (Foto: Reprodução / Twitter Valencia)

LANCE!
04/04/2021
14:51
Cádis (ESP)

O zagueiro Mouctar Diakhaby, do Valencia, acusou o adversário Juan Cala, do Cadiz, de injúria racial em jogo entre as equipes neste domingo, pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol. O episódio ocorreu por volta dos 30 minutos da primeira etapa, após uma discussão dentro da área. A partida terminou com vitória por 2 a 1 dos donos da casa. O próprio Cala e Marcos Mauro marcaram para o time amarelo. Gameiro balançou as redes para os Che.

+ Veja a tabela da La Liga


Após bola levantada na área, os jogadores foram para a dividida e começaram a discutir. Rapidamente, Diakhaby foi tirar satisfação com Cala e, indignado com o que ouviu, recusou-se a continuar em campo. Os companheiros de Valencia seguiram o defensor, e também se retiraram do gramado.

Segundo a emissora "Movistar", da Espanha, Juan Cala teria chamado Diakhaby de "negro de m...". De acordo com a transmissão, o brasileiro Gabriel Paulista, também do Valencia, repudiou as palavras de Cala: "Negro de m..., não. Negro de m..., não".

Cadiz x Valencia - Acusação de racismo de Mouctar Diakhaby a Juan Cala
Gabriel Paulista e Diakhaby deixando o gramado do Estádio Ramón de Carranza (Foto: Reprodução / ESPN Brasil)

A partida ficou paralisada por cerca de 20 minutos, e o Valencia, através das redes sociais, repudiou o racismo. De acordo com o clube, os jogadores voltaram ao gramado a pedido do próprio Diakhaby.

- A equipe se reuniu e decide voltar a lutar pelo escudo, mas firme na condenação do racismo em todo o mundo. Valencia em todas as suas formas. Não ao racismo - disse o Valencia no Twitter.

Cadiz x Valencia - Acusação de racismo de Mouctar Diakhaby a Juan Cala
Juan Cala, defensor do Cadiz, acusado de racismo por Diakhaby (Foto: Reprodução / ESPN Brasil)

Na retorno da partida, Diakhaby não seguiu em campo e foi substituído por Guillamón. Juan Cala, por outro lado, foi mantido na partida. Somente na volta para o segundo tempo é que o jogador do Cadiz deixou o jogo. Marcos Mauro entrou em seu lugar.