Son - Tottenham

Son ampliou sem vínculo com o Tottenham (Foto: Reprodução / Twitter)

LANCE!
20/07/2018
16:28
Londres (ING)

O Tottenham anunciou nesta sexta-feira a renovação de contrato de Son Heung-Min até 2023. Mas o novo vínculo com os Spurs pode não durar muito. Isso porque o jogador foi convocado para os Jogos Asiáticos, que serão realizados em agosto. Caso não conquiste a medalha de ouro, ele terá que servir ao exército da Coreia do Sul por dois anos. O clube inglês, apesar do imbróglio, mantém otimismo e celebrou o acordo com o meia.

Uma lei na Coreia do Sul obriga todos os homens nascidos no país a prestarem 21 meses de serviço militar. O jogador nunca teve contato com o exército e tem a obrigação de se apresentar antes de completar 27 anos. Atualmente, Son tem 26.

O jogador teve a oportunidade de escapar do serviço militar se tivesse conquistado uma medalha em Olimpíadas ou Jogos Asiáticos. No entanto, ele não estava na campanha da Coreia do Sul nos Jogos de Londres, em 2012. Na ocasião, os asiáticos faturaram o bronze, e Son havia pedido dispensa da competição.

Em 2014, nos Jogos Asiáticos, a Coreia do Sul foi campeã. Son novamente não participou, ficando fora por conta da não liberação do Bayer Leverkusen, clube do jogador na época.

A última chance de Son escapar do serviço militar obrigatório da Coreia do Sul são os Jogos Asiáticos de 2018, que serão realizados em agosto e setembro. Caso saia vencedor, ele poderá cumprir o contrato normalmente com o Tottenham. Caso os sul-coreanos não levantem a taça, ele fará sua última temporada no clube inglês e será obrigado a voltar ao país em julho de 2019. No período de dois anos, o jogador poderá atuar por uma das equipes administradas pelo exército ou paralisar a carreira.

Son é titular do esquema com três meias adotado pelo técnico Mauricio Pochettino no Tottenham. Ele faz a função de armador ao lado de Eriksen e Dele Alli. São 47 gols em 140 jogos pelos Spurs.