Marquinhos - Corinthians

Marquinhos em ação pelo Corinthians em jogo contra o São Caetano (Foto: Agência Corinthians)

LANCE!
18/02/2019
15:41
Paris (FRA)

O dia 12 de fevereiro traz à memória do zagueiro Marquinhos, do PSG, uma grande alegria. Há exatos sete anos, o defensor estreava na equipe profissional do Corinthians. A vitória diante do São Caetano por 1 a 0, no Estádio Anacleto Campanella, foi o início de uma trajetória rápida, porém vitoriosa do zagueiro da Seleção Brasileira.

- Foi um dia muito especial. Quando o Tite confirmou a minha escalação entre os titulares, foi bastante emoção para mim, meus familiares e aqueles que me apoiaram desde o início. É uma data inesquecível. Lembro como se fosse hoje - declarou.

Campeão da Libertadores da América pelo Timão naquele ano e tido como um atleta muito promissor, não demorou muito para despertar o interesse de clubes europeus e pouco tempo depois, em agosto, transferiu-se para a Roma, da Itália.

Apesar da rápida passagem pelo time principal, Marquinhos relembra com alegria daqueles momentos e não esquece das origens.

- O Corinthians foi onde tudo começou e a gratidão será eterna. Me abriu portas para realizar grandes sonhos como atuar em grandes clubes europeus, disputar uma Copa do Mundo e estar na Seleção Brasileira. Sempre que olho para trás, recordo com carinho e muita gratidão – concluiu.

Aos 24 anos, o defensor vive na Europa há quase sete. Neste período, ele disputou 31 jogos pela Roma e 245 pelo PSG. Em toda carreira profissional, Marquinhos participou de 335 jogos, computando Corinthians, Roma, Paris Saint-Germain, Seleção Brasileira profissional e de base.