Apresentação da Supercopa da Itália entre Juventus e Milan

Juventus e Milan fazem clássico em Jeddah, na Arábia Saudita

LANCE!
15/01/2019
15:40
Jeddah (SAU)

Juventus e Milan fazem uma partida incomum nesta quarta-feira. Às 15h30 (de Brasília), os dois gigantes decidem a Supercopa da Itália. Até aí, nenhuma surpresa, se a final não fosse jogada na Arábia Saudita. É a décima vez que a competição vai ser decidida fora do país europeu.

É a sétima vez consecutiva que a Juventus disputa a Supercopa da Itália. Nas últimas participações, são três títulos e três vices. Em 2017/18, o time de Turim conquistou o Calcio e garantiu o passaporte para a decisão. O Milan chega para a disputa por conta do vice-campeonato na Copa da Itália, perdida justamente para o rival desta quarta.

O jogo será o tira-teima entre as duas equipes na competição. Juventus e Milan são os maiores ganhadores da Supercopa da Itália, com sete títulos cada um. A Velha Senhora faturou pela última vez em 2015 e o Rossonero, em 2016.

A partida no King Abdullah Sports City, em Jeddah, pode marcar a primeira conquista de Cristiano Ronaldo na Juventus. O atacante chegou nesta temporada e vem sendo um dos destaques da equipe: é o artilheiro do Campeonato Italiano, com 14 gols, e a Velha Senhora lidera com nove pontos à frente do Napoli. Na Liga dos Campeões, está nas oitavas de final e vai enfrentar o Atlético de Madrid.

Para o confronto, o técnico Massimiliano Allegri terá os desfalques do zagueiro Benatia, do meia Cuadrado e do atacante Mandzukic. A tendência é que Douglas Costa e Bernardeschi disputem a vaga do jogador croata.

Cristiano Ronaldo - Juventus x Sampdoria
CR7 busca primeiro título na Juventus (Foto: Marco Bertorello / AFP)

Do lado do Milan, a expectativa fica em torno do brasileiro Lucas Paquetá. Reforço para a sequência da temporada, o meia fez sua estreia no último sábado, na vitória rossonera por 2 a 0 sobre a Sampdoria, na prorrogação, que classificou a equipe para as quartas de final da Copa da Itália. O ex-jogador do Flamengo ficou em campo por 85 minutos.

- Acho que ele fez um bom primeiro tempo. Ele nos deu fôlego quando foi para o um contra um e nos ajudou muito. Ele é um brasileiro atípico, é muito preparado taticamente. É uma esponja, absorve tudo. Tem grande margem de crescimento - afirmou o técnico do Milan, Gennaro Gattuso.

Paquetá chegou no domingo, dia 6, à Itália. Foi apresentado na terça-feira passada e participou de todos os treinos até estrear contra a Sampdoria. Ele já está relacionado para o confronto diante da Juventus e pode faturar o seu primeiro caneco na Terra da Bota com apenas dois jogos disputados. 

Lucas Paquetá - Milan
Paquetá em ação contra a Sampdoria (Foto: Reprodução / Twitter)

Outro destaque do Milan é o atacante Higuaín, que está em vias de se transferir para o Chelsea. É a segunda vez que o atacante enfrenta a Juventus, seu ex-clube, pelo Rubro-Negro. Na primeira, no San Siro, pelo Campeonato Italiano, o argentino não foi bem. Perdeu uma penalidade, foi expulso e viu o seu time cair por 2 a 0 para a Velha Senhora.

Será a décima vez que a Supercopa da Itália será disputada fora da Itália. Houve duas edições nos Estados Unidos (1903 e 2003), quatro na China (2009, 2011, 2012 e 2015), uma na Líbia (2002) e duas no Catar (2014 e 2016)