Montagem - Mbappe, Benzema e Son

Mbappé, Benzema e Son foram alguns dos destaques (Foto: AFP)

LANCE!
21/02/2019
14:38
Paris (FRA)

As partidas de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões se encerraram nesta quinta-feira. Com confrontos aguardados, alguns jogos decepcionaram outros agradaram (e muito). Alguns jogadores sobressaíram mais que os demais, chamaram a atenção e foram primordiais nas vitórias de suas respectivas equipes.

Protagonista na ausência de Kane e Dele Alli, Son não decepcionou o Tottenham. Mbappé e Di Maria foram essenciais na importante vitória do PSG, por 2 a 0, contra o Manchester United. Assim como Zaniolo: o jovem de 19 anos foi importantíssimo na vitória da Roma, que se recuperava de uma derrota humilhante na Copa da Itália. Confira os grandes destaques da primeira rodada das oitavas.

BENZEMA

Benzema - Real Madrid x Girona
Benzema chegou aos 60 gols na história da Champions (Foto: Reprodução)

O Real Madrid mostrou sua força na competição e venceu o Ajax, fora de casa, por 2 a 1. Benzema abriu o placar, após bela jogada de Vinícius Júnior. O gol foi o de número 60 do francês na competição, que entrou para um hall seleto de jogadores que já conseguiram atingir esse feito na Champions: Cristiano Ronaldo (121), Messi (106) e Raúl (71). Na atual temporada, Benzema marcou 19 gols em 37 jogos.

EM ALTO E BOM SON

Tottenham x Borussia Son
Na ausência de Kane e Dele Alli, Son foi o destaque (Adrian Dennis / AFP)

Sem Kane e Dele Alli, muitos apontaram que seria difícil o Tottenham ir bem, mesmo jogando em casa, contra o Borussia Dortmund, atual líder do Campeonato Alemão. Os Spurs, porém, tem Son: o atacante sul-coreano marcou o primeiro gol da vitória por 3 a 0. Os dois últimos gols só saíram depois dos 35 minutos do segundo tempo. Com o tento, Son atingiu o feito de estar envolvido em 16 gols dos últimos 12 jogos do clube londrino.

JOVEM RESOLVE

Zaniolo - Roma x Porto
Zaniolo marcou os dois gols da vitória da Roma sobre o Porto (Foto: AFP)

A Roma foi para o confronto contra o Porto, após perder, de 7 a 0, para a Fiorentina, nas quartas Copa da Itália. O rival não erá fácil: o Porto, clube que teve a melhor campanha de toda fase de grupo. O jovem atacante italiano, de apenas 19 anos, Zaniolo, porém, tratou de apaziguar a crise. Com dois gols, o jogador garantiu a vitória, por 2 a 1, em casa, sobre os Dragões.

NO EMBALO DE MBAPPE

Mbappé - Saint-Étienne x PSG
Mbappé chegou aos 14 gols na história da Champions (Foto: Jeff Pachoud / AFP)

Por falar em jovens jogadores, Mbappé foi decisivo contra o Manchester United. Foi dele, o gol que garantiu a vitória, por 2 a 0, sobre o Manchester United, em pleno Old Trafford. O atacante de 20 anos chegou aos 14 gols em 28 jogos pela competição e igualou Ronaldo Fenômeno, que em 40 jogos, também fez a mesma quantia de gols em toda sua carreira na competição. Para se ter uma ideia do feito de Mbappé, aos 20 anos, Messi só tinha feito dois gols, enquanto Cristiano Ronaldo, nenhum

VINGANÇA ARGENTINA

Di Maria - PSG x Montpellier
Di Maria deu duas assistências (Foto: AFP)

Outro grande destaque da vitória épica do PSG (a primeira de um clube francês, pela Champions, no Old Trafford) foi Di Maria. O argentino reencontrou seu ex-clube e foi perseguido pela torcida da casa. Um torcedor, inclusive, tacou uma garrafa de cerveja no atacante, que se abaixou e fingiu que ia tomar a bebida. No jogo, Di Maria deu as duas assistências da partida e provou que pode, e muito bem, substituir Neymar.

COJONES!

Diego Simeone
Gesto de Simeone chamou atenção (Foto: Reprodução)

O reencontro de Cristiano Ronaldo com o Atlético de Madrid não foi nada bom. O antigo rival dos tempos de Real Madrid venceu, por 2 a 0, em um jogo que ainda contou com pênalti revertido pelo VAR e gol anulado de Morata. A vitória, porém, teve um destaque fora de campo: Diego Simeone arriscou e escalou Diego Costa e Koke, que voltavam de lesão. O esquema e estilo proposto pelo treinador foi fundamental na vitória, além de ter sido exaltado pelos jogadores após a vitória. O treinador chamou a atenção por outro motivo também: na comemoração do primeiro gol, agarrou as partes íntimas ao comemorar com a torcida, como quem diz: "é preciso colhão para estar aqui".

DUPLA DOS CITIZENS

Sterling - Manchester City
Dupla com Ederson-Sterling funcionou (Foto: AFP)

O City quase se complicou, fora de casa, contra o Schalke 04. Após abrir o placar, sofreu a virada e teve Otamendi expulso. Sané empatou no fim, mas quem salvou a equipe foi mesmo a dupla Ederson e Sterling. O goleiro da Seleção Brasileira acertou um lançamento primoroso e o atacante inglês, com dois toques, virou a partida, nos acréscimos.

PAREDÃO

Anthony Lopes - Shakhtar Donetsk x Lyon
Anthony Lopes foi bem na partida contra o Barça (Foto: Sergei Supinsky / AFP)

O Barcelona viajou até a França e enfrentou o Lyon. Com Messi e Luis Suárez em campo, o clube catalão não saiu do zero com os franceses. Muito por conta da atuação defensiva da equipe da casa, com boa atuação da dupla de zaga composta por Denayer e Marcelo, mas principalmente do goleiro Anthony Lopez, que fez cinco defesas importantes e garantiu o resultado positivo para o Lyon.