Neymar PSG

Messi chegou a trocar mensagens com Neymar (Foto: Franck Fife / AFP)

LANCE!
02/09/2019
17:29
Paris  (FRA)

Após muita novela e especulação, Neymar ficou no PSG, apesar do interesse de Barcelona e Real Madrid. O jornal francês 'L'Équipe' apontou alguns bastidores das negociações. De acordo com a publicação, a lentidão da negociação incomodou o atacante, que chegou a brigar com um companheiro de equipe. Leonardo também é um personagem citado pelo 'L'Équipe'. O dirigente brasileiro foi ríspido com os jogadores e não quer mais tratamento especial no elenco.

RISPIDEZ DE LEONARDO
A chegada de Leonardo como diretor esportivo do clube também influenciou na negociação e abalou o elenco parisiense. O dirigente fez questão de determinar no vestiário que não terá mais distinção entre os jogadores. Ainda de acordo com o 'L'Équipe', no dia em que Neymar voltou aos treinos, Leonardo foi ríspido ao conversar com os jogadores, pontuando que iria falar em francês e que "se alguns não entendem, precisam ter aulas". A publicação também ressalta que Neymar não entendeu o tratamento de Leonardo.

MOTIVOS DO BARÇA
Um dos motivos que impulsionaram o Barcelona a seguir na negociação foi a vontade de Messi, que chegou a trocar mensagens com Neymar. Apesar de pouco participativo nas negociações, o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, disse que iria se esforçar em trazer o atacante.

INCÔMODOS DE NEYMAR
A lentidão da negociação também incomodou Neymar e não escondeu "seu aborrecimento e nervosismo". O atacante acredita que o PSG nunca teve a intenção de vendê-lo, enquanto o Barcelona só entrou na disputa para agradar Messi. Nesse clima de indecisão, Neymar, inclusive, teria brigado com um companheiro de equipe.