O craque Rincón marcou dois na goleada da Colômbia. Tentou ser treinador, sem sucesso

Rincón foi um dos destaques da histórica goleada por 5 a 0 da Colômbia sobre a Argentina (Foto: AFP)

LANCE!
12/04/2022
12:40
Cali (COL)

O ex-jogador Freddy Rincón sofreu um grave acidente em Cali, na Colômbia, na madrugada desta segunda-feira e segue em situação crítica. O meia foi um dos destaques da histórica seleção colombiana do início da década de 90. O LANCE! relembra os feitos de Rincón pelo seu país.

A seleção histórica da Colômbia na década de 90 tinha como base a equipe do Atlético Nacional, que conquistou a Libertadores de 1989. Porém, Rincón era um dos titulares que atuavam por outro clube na época, o América de Cali. No início do comando do técnico Francisco Maturana na seleção, Rincón atuava como atacante.

Além de Rincón, a seleção da Colômbia contava com grandes jogadores como Valderrama, Higuita, Asprilla, Valencia e Aristizábal.

A Colômbia garantiu a vaga na Copa do Mundo de 1990 e, logo no primeiro jogo, venceu os Emirados Árabes Unidos por 2 a 0 e foi cotada como uma das surpresas no Mundial. Na segunda partida, a seleção perdeu para a Iugoslávia e precisava ao menos empatar com a forte Alemanha. Os colombianos iam perdendo por 1 a 0, mas Rincón marcou o gol de empate da equipe nos acréscimos da etapa final, que deu a classificação às oitavas.

Após a Copa de 90, Rincón seguiu no grupo da seleção colombiana que ficou em quarto lugar na Copa América de 1991, e em terceiro na Copa América de 1993 - ano em que a Colômbia chegou ao auge.

Argentina 0 x 5 Colombia  - Eliminatorias para a Copa do Mundo de 1993
Rincón contra a Argentina (Foto: Reprodução)

Os colombianos fizeram um bom ano em 1993 e, na última rodada, precisavam de uma vitória contra a Argentina, que também não estava garantida na Copa do Mundo de 1994. O confronto contra a seleção de Batistuta e Simeone é um dos episódios mais lembrados da Colômbia da década de 90.

Isto porque, na ocasião, a Colômbia atropelou a Argentina por 5 a 0 em pleno Buenos Aires. Os 'Cafeteiros' não deram chances para os argentinos e garantiram a vaga na Copa do Mundo de 1994 em grande estilo. No jogo, Rincón foi um dos destaques, marcando dois gols e uma assistência.

> Novo boletim médico aponta que o estado de saúde de Rincón segue como 'muito crítico'

A seleção colombiana passou a temporada de 1993 de forma invicta. Foram 19 jogos, sendo 10 vitórias e nove empates. Dessa forma, chegou a ser considerada uma das favoritas ao título mundial.

Apesar de todo destaque da seleção colombiana às vésperas da Copa, a equipe não correspondeu às expectativas nos EUA e foi eliminada precocemente. Foram duas derrotas e uma vitória na fase de grupos.

Após a Copa do Mundo, Rincón teve uma campanha de destaque pela seleção somente na Copa América de 1995, quando ficou novamente na terceira colocação. Com a camisa da Colômbia, ele marcou 17 gols em 84 jogos.