Gol do Richarlison - Everton

Richarlison marcou duas vezes para o Everton (Reprodução)

LANCE!
11/08/2018
15:26
Wolverhampton (ING)

Com os dois elencos bastante reforçados na janela de transferência, Everton e Wolverhampton se enfrentaram pela primeira rodada da Premier League, no Molineux Stadium, casa dos Wolves. E a contratação que mostrou valer o valor investido, foi Richarlison. Balançando as redes duas vezes, o brasileiro foi o nome do jogo. Contudo, os dois gols do atacante não foram suficientes para os Toffes saírem vencedores do jogo, que terminou em 2 a 2.

A primeira etapa se iniciou sem muitas emoções, com os dois times se estudando bastante, errando muitos passes. Depois de alguns minutos, o Everton começou a comandar as ações e aos 17 minutos de jogo, após cobrança de falta, a bola ficou livre para Richarlison marcar seu primeiro gol em uma partida oficial com a camisa dos Toffes. Após o gol a história não mudou, o Everton continuou melhor na partida, sofrendo pouco com uma defesa bem postada,tomada poucos sustos.

No entanto, no fim da primeira etapa, um lance mudou o rumo da partida. Aos 44 minutos, o zagueiro dos Toffes se precipitou na tentativa de uma carrinho no no atacante do Wolverhampton, e acabou acertando o tornozelo do jogador, numa entrada muito dura. O lance acabou culminando na expulsão do defensor, que ainda viu a falta ser cobrada com perfeição por Ruben Neves, empatando a partida para os Wolves. A partir daí o time da casa cresceu no jogo.

Nos últimos 45 minutos, o Wolverhampton equilibrou as ações. Marco Silva, treinador dos Toffes se viu obrigado a mexer no time; sem um zagueiro o técnico português tirou o camisa 10 do time Sigurdsson, e colocou o defensor Holgate para recompor o setor. Ambos os times criaram mais oportunidades na segunda etapa. Pickford salvou o Everton em alguns lances.

Contudo, foi aí que brilhou a estrela do brasileiro novamente. Num momento em que o Everton estava levando certa pressão do time da casa, aos 22 minutos da etapa final, Richarlison recebeu na frente da área, carregou e colocou com classe no canto do goleiro Rui Patrício, que nada pôde fazer. Depois do gol, foi só pressão dos Wolves. A equipe da casa pressionou, sufocou, finalizou, até que foi recompensado, com o empate, aos 35 do segundo tempo, fechando o placar.