LANCE!
29/09/2018
17:38
Madri (ESP)

Vinicius Júnior, enfim, fez a sua estreia pelo Real Madrid. O atacante entrou no fim, mas não conseguiu ajudar o time merengue a sair do empate em 0 a 0 com o Atlético de Madrid, no dérbi da capital espanhola, neste sábado. O jogo não teve muitas chances claras, mas foi intenso durante os 90 minutos. O resultado acabou não sendo bom para nenhuma das equipes.

O empate mantém o Real Madrid na segunda colocação, agora com 14 pontos, perdendo nos critérios de desempate para o Barcelona. O Atlético caiu para quarto, com 12.

O Atlético de Madrid foi melhor nos primeiros 45 minutos. A equipe esteve mais presente no ataque e dificultava a saída de bola do Real Madrid. O melhor da etapa inicial foi o goleiro Courtois, que foi um paredão e impediu que o Colchonero abrisse o placar.

Logo de cara, Rodri testou o arqueiro belga em chute de longe. No entanto, a defesa mais impactante foi em lance com Griezmann. O francês avançou livre e tentou dar uma cavadinha, mas Courtois e seus quase dois metros de altura salvaram. Ele pararia Diego Costa logo depois, em chute à queima roupa.

A melhor chance do Real Madrid saiu dos pés de Bale. Em cobrança de falta de Kroos, o galês apareceu por trás da defesa e finalizou com muito perigo. O camisa 11 foi o melhor do time merengue na primeira etapa. Asensio, por sua vez, sentia a falta do apoio de Marcelo, vetado por conta de lesão muscular. Zagueiro de origem, Nacho avançou pouco ao ataque.

O Real Madrid voltou do intervalo com Ceballos no lugar de Bale, que sentiu um problema na coxa. A equipe começou propondo mais as ações. As jogadas começavam sempre dos pés de Kroos. Em um toque plástico, o alemão achou Asensio na área, mas o atacante parou no goleiro Oblak, que fez grande defesa.

Simeone tentou ganhar mais opção no meio de campo ao tirar Diego Costa e colocar Thomas. A substituição congestionou o setor, diminuindo os espaços do Real Madrid. Mas uma saída errada de Godín quase pôs tudo a perder. Asensio roubou a bola e na hora do último passe para Benzema, o zagueiro Giménez salvou o Colchonero. 

Aos 42 minutos, a espera acabou. Vinicius Júnior entrou na vaga de Benzema. O atacante tentou mostrar serviço pelo lado esquerdo e até tentou algumas jogadas. Em uma delas, passou como quis por Ángel Correa e só foi parado com falta, que gerou cartão amarelo ao argentino.