Danny Rose - Tottenham - 2014

Danny Rose pode abandonar o futebol precocemente (Foto: Ozan Kose / AFP

LANCE!
05/04/2019
10:52
Londres (ING)

O racismo é muito presente no futebol, principalmente no Reino Unido, onde diversos casos já foram vistos. As atitudes intolerantes por parte dos torcedores faz com que o lateral Danny Rose, do Tottenham, cogite se aposentar precocemente aos 29 anos, por não aguentar mais as ofensas sofridas.

- Já tive o suficiente. Me restam cinco ou seis anos de futebol e quero desfrutar o futebol ao máximo. Existe muita política no futebol e, para ser sincero, não posso esperar para que tudo isso acabe - disse

Intolerância

As declarações de Rose ecoam em um momento que a Europa reflete, ainda mais, sobre o racismo. Recentemente, o atacante da Juventus, Moise Kean, foi vítima de injúrias raciais contra o Cagliari e recebeu o apoio de diversos jogadores e ex-jogadores.

Aumento do racismo

No fim de 2018, em uma pesquisa encomendada pela 'Agência dos Direitos Fundamentais', parceiro da União Européia, foi atestado que quase um terço dos afrodescendentes que vivem na Europa já sofreram com racismo. O Reino Unido, no fim do mesmo ano, também apontou um crescimento relativo a crimes de ódio.