Nasser Al-Khelaïfi, presidente do PSG, e Mbappé

Mbappé e Nasser Al-Khelaifi se reuniram, mas atacante permanece no PSG (Foto: Divulgação / Site oficial do PSG)

LANCE!
19/08/2021
08:23
Paris (FRA)

O atacante Kylian Mbappé conseguiu se reunir com Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain, onde conversou abertamente sobre o desejo de deixar o clube francês e atuar no Real Madrid. No entanto, segundo o "La Gazzetta dello Sport", o mandatário teria barrado a saída do atleta nesta janela de transferências.

A negativa é considerada uma traição do PSG pelo entorno do camisa sete. Segundo as informações, em 2017, quando Mbappé foi contratado junto ao Monaco, Al-Khelaifi teria dito ao jovem de 17 anos que não iria colocar impedimentos diante de uma possível saída no futuro. E o atleta lembrou deste episódio na reunião.

> Veja a tabela da Ligue 1

Sem mudanças de planos, a equipe francesa descarta a possibilidade de vender o atacante neste mercado, mas corre o risco de perdê-lo sem ver nenhum dinheiro entrar em caixa em 2022 por conta do fim do contrato do atleta. E o Real Madrid terá que esperar pacientemente, mas não deve encontrar problemas para encontrar um acordo com a joia.

Mbappé já havia informado ao seu círculo de pessoas mais próximas no Paris Saint-Germain que permaneceria no clube nesta temporada. Leonardo, diretor esportivo do clube francês, repassou o recado ao restante do elenco.

Apesar de estar em uma equipe competitiva, principalmente após a renovação de contrato de Neymar e a chegada de Messi, Mbappé não se sente como o protagonista do projeto. Na Espanha, o atacante terá todos os holofotes virados para si e se tornará no principal jogador merengue desde a saída de Cristiano Ronaldo.