Marlos - Shakhtar Donetsk

Marlos se despediu do Shakhtar após sete anos e meio no clube (Foto: Shakhtar Donetsk/Divulgação)

LANCE!
15/12/2021
12:04
Donetsk (UCR)

Orgulhoso e grato por tudo o que passou durante uma década vivendo na Ucrânia, especialmente nos últimos sete anos e meio no Shakhtar Donetsk, onde conquistou inúmeros títulos e vários prêmios individuais, que o elevaram ao status de um dos principais jogadores da história da equipe. É dessa forma que o meia-atacante Marlos se despede do clube e também do país pelo qual criou um carinho tão grande que o levou a se naturalizar e representar a seleção europeia.

Na última segunda-feira, 13 de dezembro, com uma série de homenagens, os Mineiros confirmaram o capítulo final de uma belíssima história entre as duas partes, iniciada em 2014, após dois anos e meio em que o jogador defendeu o Metalist.

- Faltam palavras para descrever o que eu estou sentindo nesse momento. Jamais esquecerei de tudo o que vivi nesses 10 anos na Ucrânia, em especial nas últimas oito temporadas vestindo a camisa desse clube tão grande. Foi aqui que passei os melhores momentos da minha vida. Serei eternamente grato pelo o que o Shakhtar proporcionou para mim e para a minha família - ressaltou.

- Deixo grandes amigos no clube. Guardarei para sempre em meu coração o carinho dos torcedores e o respeito que todos os funcionários sempre tiveram por mim ao longo de todos esses anos. Aqui, comemorei títulos, ganhei prêmios individuais, me credenciei a ser convocado para a seleção ucraniana e, acima de tudo, cresci como profissional e ser humano. Só posso dizer: Obrigado por tudo, Shakhtar - completou.

Com a camisa laranja e preta, o atleta disputou 287 jogos oficiais, marcou 74 gols, deu 62 assistências e conquistou impressionantes 12 títulos, sendo quatro da Supercopa da Ucrânia, quatro do Campeonato Ucraniano e quatro da Copa da Ucrânia.

11º jogador que mais vezes atuou pelos Mineiros, de acordo com o site Transfermarkt, o meia-atacante ganhou ainda uma série de prêmios individuais, um deles foi a eleição de melhor jogador do futebol ucraniano, em 2017 e 2018, em votação realizada entre atletas, treinadores e especialistas do futebol do país.

Já em 2016, Marlos ficou com o prêmio de melhor atleta estrangeiro. Em 2015/16, ainda fez parte da equipe ideal da Liga Europa. Naquela edição, o jogador comandou o clube até a semifinal da competição. Na temporada 2019/20, o camisa 11 também ajudou o time a chegar novamente até a mesma fase do torneio continental.

SELEÇÃO UCRANIANA
O grande desempenho de Marlos pelo Shakhtar Donetsk, o levou a ser convidado pelo então técnico Andriy Shevchenko a se naturalizar ucraniano. O jogador fez sua estreia pela seleção no dia 6 de outubro de 2017, na vitória por 2 a 0 sobre Kosovo, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Quase dois anos mais tarde, em 7 de setembro de 2019, fez história ao se tornar o segundo jogador nascido no Brasil a marcar um gol pelo país, no triunfo de 3 a 0 sobre a Lituânia, pelas Eliminatórias para a Eurocopa.

Ao todo, Marlos defendeu a Ucrânia em 27 partidas, sendo 16 como titular, marcou um gol e deu seis assistências.