La Mano de Dios

Momento em que Maradona usa a mão para abrir o placar contra a Inglaterra, em 1986 (Foto: Reprodução)

LANCE!
17/04/2020
17:37
Buenos Aires (ARG)

Maior jogador da história do futebol argentino, Diego Maradona foi o melhor jogador da Albiceleste na Copa do Mundo de 1986 e eleito craque do Mundial, vencida pela própria argentina. Dos cinco gols marcos pelo camisa 10 no torneio, dois foram contra a Inglaterra, nas quartas de final.

Em entrevista ao "AFA Play", plataforma on demand da seleção argentina, Maradona falou sobre o gol que abriu o placar contra os ingleses. O gol que ficou conhecido com "La Mano de Dios" (a mão de Deus, na tradução livre) foi o primeiro do jogo, marcado aos cinco minutos do segundo tempo.

O atual treinador do Gimnasia y Esgrima contou que anteviu o lance, pois naquela época não existia a regra da bola recuada para o goleiro. Após passe do defensor inglês Sansom, Maradona aproveitou e marcou o gol.

- Todos os jogadores da defesa eram grandes. Sansom, por exemplo, que me deu o passe, queria jogar a bola para trás, porque naquele tempo existia recuar e seguir. Então quando eu vi que a bola subia, subia, subia, pensei que não alcançaria nunca. Torcia para ela cair e minha ideia foi meter a mão e a cabeça - disse o argentino.

Após o lance, o ex-meia lembrou que o goleiro da Inglaterra, Peter Shilton, não entendeu nada e não sabia onde estava a bola. Companheiro de Maradona, Sergio 'Checho' Batista perguntou se o jogador havia marcado o gol com a mão.

- Cala a boca, idiota. Me abraça. Cala a boca e me abraça - disse o camisa 10.

Maradona contou sobre sua infância, sua família, sua estreia e os acontecimentos mais importantes de sua carreira em uma entrevista de 36 minutos.