Borussia Dortmund x Schalke - Comemoração Haaland

Foto: Martin Meissner/AFP

Fabio Chiorino e Rodrigo Borges
18/05/2020
07:40
São Paulo (SP)

Nada será como antes, é o que dizem muitos sobre o retorno do futebol ainda sob os efeitos da pandemia de Covid-19. Quase nada. A volta do Campeonato Alemão, no fim de semana, mostrou que não existe anormalidade para Erling Haaland.

O prodígio do Borussia Dortmund - e que já era prodígio no Red Bull Salzburg - abriu o placar na goleada por 4 a 0 no clássico contra Schalke 04. Agora, o atacante norueguês tem 13 gols em 12 jogos disputados pelo time. Parecia tudo retornar ao normal, a Terra girando como antes, mas a distante comemoração nos fez lembrar de que vivemos um momento que é realmente diferente.

As arquibancadas vazias, reservas longe uns dos outros e usando máscaras, cumprimentos com os cotovelos. Nada lembra aquele futebol que existiu até março, quando o novo coronavírus fez o mundo parar. Quase nada, na verdade. Haaland, que também deu uma assistência, segue igualzinho.

Um jovem artilheiro de 20 anos que ainda não se descobriu a fórmula para que seja brecado. É bastante provável que a forma de parar o norueguês seja descoberta depois da vacina para a Covid-19. Ou talvez ele seja um destes que defesa nenhuma será capaz de parar. Assim esperamos.

O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. Leitura rápida, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.