Esta semana Lahm anunciou que vai se aposentar em junho, quando termina a temporada na Europa

Philipp Lahm em ação pelo Bayern de Munique (Foto: CHRISTOF STACHE / AFP)

LANCE!
18/02/2021
13:12
Munique (ALE)

Um dos grandes ídolos da Alemanha, o ex-lateral Philipp Lahm disse em entrevista ao jornal "Bild", sobre a prévia de sua autobiografia, que jogadores de futebol não devem assumir sua homossexualidade enquanto são profissionais. Para ele, ainda "falta aceitação" hoje em dia.

+ Veja a tabela da Bundesliga


- Ainda falta aceitação no mundo do futebol e na sociedade em geral. Ele não poderá contar com essa mesma maturidade em todos os seus rivais nem nas sedes ou estádios onde vai competir. Eles teriam que suportar insultos e difamações. Quem aceitaria isso? - disse Lahm.

+ Seleção Brasileira está em qual posição? Confira o top 20 do primeiro ranking da Fifa em 2021

O ex-jogador também falou sobre Thomas Hitzlsperger, antigo companheiro de seleção alemã, que assumiu ser homossexual somente após se aposentar dos gramados. Para Lahm, a atitude de seu colega foi "prudente".

- Parece prudente que ele ousou dar o passo e tornar pública sua homossexualidade somente após encerrar sua carreira de jogador de futebol ativo - concluiu.