Juventus x Milan

Kean decidiu de novo (Foto: Reprodução)

LANCE!
06/04/2019
14:58
Turim (ITA)

Mais uma vez, Moise Kean saiu do banco e deu a vitória para a Juventus, A Velha Senhora enfrentou o Milan, neste sábado e venceu, por 2 a 1, de virada, em uma partida que parecia se encaminhar para o empate. Piatek abriu o placar para os Rossoneri, melhores no primeiro tempo, mas Dybala empatou, de pênalti. Próximo do fim, o jovem atacante italiano, vítima de racismo na última rodada, marcou o gol da vitória. Agora, se o Napoli perder para o Genoa, neste domingo, a Juve conquista o Scudetto. O Milan, por sua vez, se mantém na quarta posição, com 52 pontos.

VAR EM AÇÃO
Apesar de jogar fora de casa e sem Lucas Paquetá, um de seus principais jogadores, o Milan dominou a Juventus no primeiro tempo, com chances criadas e pressão ofensiva. A equipe teve um pênalti marcado à seu favor, mas, após revisão do VAR, a penalidade foi anulada. Antes disso, Piatek teve boa oportunidade de abrir o placar, mas desperdiçou.


SEMPRE ELE

Já próximo do fim do primeiro tempo, os Rossoneri recuperaram a bola de bola, após pressão na defesa da Juve e a bola sobrou com Bakayoko. Com muita rapidez, o volante colocou Piatek na cara do gol. Naturalmente, o polonês não desperdiçou e colocou o Milan na vantagem na primeira etapa. Esse foi o décimo gol do atacante em 13 jogos com a camisa rubro-negra.

EMPATE

A vantagem do Milan durou pouco. Já no início do segundo tempo, Musacchio errou o carrinho e derrubou Dybala na área. O próprio atacante bateu o pênalti e empatou a partida. Após o gol, a Velha Senhora cresceu na partida e passou a dominar os espaços.

DE NOVO!
Vítima de racismo na última rodada, Moise Kean entrou no segundo tempo e, de novo, marcou o gol da vitória. O atacante recebeu na entrada da área um passe de Pjanic, invadiu a área e bateu cruzado, forte, para garantir o triundo da Juventus.