Griezmann

Novela envolvendo Griezmann, Atlético e Barça ganhou um novo capítulo (Foto: AFP)

LANCE!
20/09/2019
10:16
Madrid (ESP)

Uma troca de e-mails de março deste ano provam que Antoine Griezmann negociou com o Barcelona valores de comissões para seus representantes, e portanto, teria fechado negócio com o clube catalão meses antes da saída do Atlético de Madrid, anunciada no dia 12 de julho. É o que diz a publicação do espanhol 'El Mundo', desta sexta-feira. 

De acordo com a notícia, o principal tema das mensagens trocadas entre Griezmann, sua irmã e empresária Maud, seu pai Allan, seu advogado Sevan Karian e um agente francês apontado como peça-chave das tratativas com o Barcelona, é sobre como seriam divididos os s €14 milhões (R$ 64,5 milhões) referentes a comissões da transferência do atacante. 

No último dia 1 de julho deste ano, por força de contrato, a multa rescisória de Griezmann caiu de 200 para 125 milhões de euros - o que seria peça que faltava para o clube blaugrana anunciar o francês de 28 anos. Os-emails, porém, provariam que o acerto ocorreu antes da redução - tese que o Atlético de Madrid tem defendido para cobrar o valor correspondente à multa antiga. 

A possibilidade do acerto precoce ainda fomentam um debate ético-esportivo. Em março, o Atlético de Madrid disputava tanto a reta final do Campeonato Espanhol, como também o mata-mata da Liga dos Campeões. Naquele mês, o clube colchonero enfrentou a Juventus pelo jogo de volta das oitavas de final do torneio - vencido pelos italianos por 3 a 0, com um 'hat-rick' de Cristiano Ronaldo.