Manchester City x Tottenham

Son festeja um dos dois gols marcados para o Tottenham na derrota por 4 a 3 para o City (Divulgação/Tottenham)

LANCE!
18/04/2019
07:40
São Paulo (SP)

Além de ter sido um teste para cardíacos, o eletrizante duelo entre Manchester City e Tottenham, no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, teve sete gols (4 a 3 para o City) e muita emoção, com um gol decisivo anulado nos acréscimos pelo VAR. No agregado, o Tottenham avançou à semifinal. Além disso a partida também igualou um recorde. 

A transmissão do confronto, feita com exclusividade no Facebook para o Brasil, superou a marca de 1 milhão de espectadores simultâneos, igualando assim o feito obtido na  vitória do Flamengo sobre o San José (BOL) por 6 a 1, na semana passada. Aquela partida, válida pela Copa Libertadores, foi a primeira do Rubro-Negro a ser transmitida com exclusividade no Facebook.

Anteriormente, o recorde da plataforma no Brasil era de  PSG x Manchester United, também pela Liga dos Campeões, com pico de 865.648 visualizações. Os jogos da Champions no Facebook contam com equipes de transmissão do Esporte Interativo.

O "streaming" - transmissão - de jogos na rede social deve se tornar um hábito para os torcedores nos próximos anos. Isso porque o Facebook, empresa comandada por Mark Zuckenberg, adquiriu os direitos da Libertadores na América do Sul até 2022. A rede social, que será responsável por transmitir os jogos da competição com exclusividade às quintas-feiras, já teve jogos de Cruzeiro e Grêmio nesta edição do torneio continental.

Em matéria especial, o LANCE! abordou os impactos e os desafios das transmissões de jogos no Facebook no cenário brasileiro. O principal elogio à plataforma é unânime: a gratuidade, permitindo um acesso democrático para o público. No entanto, o afastamento de uma parcela da população do futebol e os prejuízos de bares e restaurantes, que ainda procuram soluções para exibir os jogos via internet, lideram os pontos negativos.