Junio Rocha

Júnio Rocha quer a titularidade no Rio Ave (Foto: Divulgação)

LANCE!
16/04/2020
13:12
Vila do Conde (POR)

O lateral-direito Júnio Rocha começou nas categorias de base do Internacional e chegou a atuar no profissional. Mas desde a temporada 2018/19, o jogador seguiu para a Europa e, no momento, o que ele busca é se firmar de vez no futebol português com a camisa do Rio Ave.

Júnio Rocha fez cinco jogos pelo Internacional na Copa São Paulo de 2017 e depois subiu para o time principal. Acabou no mesmo ano sendo utilizado em 13 partidas, quando o Colorado jogou a Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2018, antes de desembarcar em terras lusitanas, foi emprestado para o Sampaio Corrêa e conquistou o título da Copa do Nordeste.

- O Rio Ave é o meu primeiro clube fora do Brasil. Avalio esse meu período no futebol português até aqui, como um período de adaptação, principalmente no futebol. Nas demais coisas não tive tanta dificuldade. Não senti muito a adaptação no clube. Tenho muitos colegas de trabalho brasileiros e a colaboração dos treinadores que tive a oportunidade de trabalhar aqui que me ajudaram. Agora com o técnico Carlos Carvalhal isso melhorou ainda mais - disse.

Aos 23 anos, Júnio Rocha comentou sobre o estilo de jogo em Portugal. Ele garante que desde a chegada ao Rio Ave vem buscando aprimorar a forma como atua para tentar conquistar a titularidade.

- No meu ponto de vista, o futebol português é um futebol mais cadenciado, mais organizado taticamente. É um jogo com mais bola no chão. Espero poder me firmar de vez no Rio Ave e poder ajudar da melhor forma, sempre dando o meu melhor, mas também não passa só por mim. Tenho dado o meu melhor desde que cheguei aqui para estar à disposição em busca de ajudar. Estou sempre me preparando, principalmente nesse momento em que tudo está parado. Quando voltar quero dar continuidade ao trabalho e sei que no tempo certo vou jogar e dar alegria para aqueles que estão ao nosso lado.

O lateral fez 14 jogos pelo Rio Ave na temporada 2018/19. Agora, em 2019/20, são oito partidas. Antes da pausa no Campeonato Português por causa da pandemia do novo coronavírus, o time da Vila do Conde estava fazendo uma grande campanha e ocupa o 5º lugar com 38 pontos e na zona de classificação para a Liga Europa.

- Primeiramente espero que tudo volte ao normal logo. É importante seguir todos as medidas que estão sendo passadas para que isso volte ao normal. E depois espero que o campeonato volte, sendo bem disputado, com uma boa organização e que ocorra tudo bem - finalizou.