Brahim Díaz - Real Madrid

Brahim posa para foto no Real Madrid (Foto: Reprodução / Twitter)

LANCE!
08/01/2019
14:58
Manchester (ING)

Pep Guardiola lamentou a saída do jovem meia Brahim Díaz para o Real Madrid. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, véspera do primeiro jogo da semifinal da Copa da Liga Inglesa diante do Burton, o técnico do Manchester City revelou que fez de tudo para manter o jogador no Etihad. Contudo, a vontade de voltar ao futebol espanhol prevaleceu para a transferência.

- Nós fizemos com Brahim a mesma coisa que fizemos com Phil Foden e Jadon Sancho. Jogadores importantes, nós fizemos absolutamente tudo. O único que decidiu ficar foi o Phil - declarou Guardiola.

Sancho foi o primeiro a deixar o Manchester City, ainda em 2017/18. Após seis meses de adaptação, o jovem jogador, de apenas 18 anos, tornou-se titular absoluto do Borussia Dortmund na atual temporada. Segundo o Cies Football Observatory (observatório de futebol do Centro Internacional de Estudos de Esporte), em três meses, o valor de mercado do inglês passou de 9,7 milhões de euros (R$ 41 milhões) para 87,9 milhões de euros (R$ 372,8 milhões).

Dos três citados por Guardiola, apenas Phil Foden permanece no clube. Desde 2017 no City, jogou 26 vezes e fez dois gols.

Brahim Díaz foi apresentado na última segunda-feira no Real Madrid. O jogador assinou contrato de seis anos e revelou que seu sonho era atuar no clube espanhol. Apesar da saída, Pep Guardiola desejou sucesso ao jovem e que ele consiga mais minutos em campo.

- Nós o desejamos o melhor, ele está indo para o Real Madrid, não é um passo ruim. Por isso esperamos que ele tenha os minutos que ele quer - declarou Guardiola.

Segundo a imprensa europeia, Brahim custou 17 milhões de euros - valor que pode aumentar em mais 7 milhões de euros por conta de variáveis. No total, a negociação pode chegar a 24 milhões (R$ 101 milhões).

O City volta a campo na próxima quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), diante do Burton, pela semifinal da Copa da Liga Inglesa.