Gabriel Martinelli

Martinelli foi uma das surpresas da última janela de transferências (Foto: Repropdução)

Igor Galletti
05/09/2019
09:05
Londres (ING)

Uma das surpresas da última janela foi a transferência de Gabriel Martinelli do Ituano para o Arsenal. O jovem atleta de 18 anos chegou bem na Inglaterra, recebeu elogios de David Luiz e chegou a fazer gol na pré-temporada. Com um elenco forte, os Gunners se reforçaram para a disputa do Campeonato Inglês. O LANCE! conversou com o brasileiro para saber as suas pretensões para a temporada, como é seu relacionamento com as estrelas da equipe, com o treinador Unai Emery e o diretor Edu Gaspar.

- Por ser minha primeira temporada, quero mostrar meu potencial para me firmar no elenco principal do clube. Sei que o elenco é recheado de grandes jogadores, mas tenho noção do que posso apresentar e o meu objetivo é ajudar a equipe. Acho que temos condições de alcançar grandes coisas na temporada, conquistando títulos e marcando nosso nome na história do Arsenal - pontuou.

Gabriel Martinelli
Martinelli em sua apresentação (Foto: Reprodução)

ADMIRAÇÃO
O Arsenal gastou 152 milhões de euros (R$ 689 milhões) em contratações. Além de Martinelli, Dani Ceballos, Nicolas Pépé e David Luiz se juntaram a um elenco que já era forte, com Lacazette, Aubameyang e Özil. O brasileiro disse que foi bem recebido pelo elenco, mas que chegou tímido, pois só via os jogadores pela televisão ou no videogame.

- Fui recebido da melhor maneira possível. Por ser muito novo, cheguei um pouco tímido, pois só via esses jogadores pela televisão, pelo videogame. Mas me receberam muito bem, me fazendo sentir em casa e tento aprender com eles no dia a dia - destacou.

Ver essa foto no Instagram

Good game guys!! Winners 📸🥇#coyg

Uma publicação compartilhada por Gabriel Martinelli (@ga_martinelli01) em

RELAÇÃO COM EDU GASPAR E DIFERENÇAS NA ESTRUTURA
Além de Martinelli e David Luiz, o Arsenal também conta com um brasileiro na sua diretoria. Após passagem no staff da Seleção Brasileira, Edu Gaspar retornou aos Gunners como o novo diretor técnico. Gabriel ressaltou a importância e influência de Edu em sua contratação e também elogiou o treinador Unai Emery.

- O treinador é uma grande pessoa, e estou aprendendo bastante com ele no dia a dia. Busco dar o meu melhor nos treinamentos para, quando tiver a oportunidade, agarrar com todas as forças. O Edu é um cara excepcional, um grande profissional, vitorioso e que fez história com a camisa do Arsenal. Conversamos bastante quando cheguei e, sem dúvida, ter uma pessoa como ele por perto nos motiva cada vez mais - elogiou Martinelli, que também ressaltou as diferenças de estrutura entre a Inglaterra e Brasil:

- Acho que as coisas aqui estão um pouco à frente, como a estrutura dos clubes, a forma de se jogar, a presença da torcida nos estádios... A forma como se administra o futebol aqui é diferente, com muita organização. O Brasil tem seu modo de jogar futebol, algo mais alegre, mais ousado, e aqui a questão tática é mais presente - ponderou.

Gabriel Martinelli - Ituano
No profissional do Ituano, Martinelli fez 31 jogos, com dez gols e seis assistências (Foto: Miguel Schincariol / Ituano FC)

ADAPTAÇÃO
Na última edição da Premier League, o Arsenal ficou a um ponto de conseguir vaga na Liga dos Campeões. Nesta temporada, porém, a equipe tem demonstrado bom futebol e busca uma campanha superior a 2018/19. Atualmente, os Gunners ocupam a quinta posição, com sete pontos. Aos poucos, Martinelli vai sendo introduzido na equipe. Na competição, o brasileiro participou da partida de estreia. A adaptação, entretanto, é "a melhor possível".

- A adaptação está sendo a melhor possível. Tivemos uma pré-temporada muito forte, onde consegui desempenhar um bom papel e mostrar um pouco do meu trabalho. A gente chega num lugar novo, com uma cultura diferente, outro estilo de jogo, e só o tempo, o dia a dia de trabalho para fazer o trabalho se desenvolver da melhor forma possível - finalizou.