Divulgação

José Reyes recebe o prêmio de craque do LaLiga Promises, torneio de base do futebol espanhol (Foto: Divulgação)

LANCE!
29/12/2019
15:18
Abu Dhabi (EAU)

Tradicional torneio de fim de ano do futebol espanhol, o LaLiga Promises terminou neste domingo de um jeito bastante especial. Filho de José Antonio Reyes, jogador morto em acidente de carro em junho, o pequeno José Reyes, de 12 anos, foi campeão, artilheiro e craque da competição pelo Real Madrid. A participação foi coroada com quatro gols na final, vencida sobre o Sevilla por 5 a 3.

A decisão envolveu dois ex-clubes de José Antonio Reyes. Antes do apito inicial, inclusive, o Sevilla presenteou José com a camisa 10, usada por seu pai quando atuava no clube. E a equipe da Andaluzia chegou a abrir 2 a 0, mas Reyes comandou a reação que deu aos merengues o oitavo título no torneio — um a mais que o Barcelona.

O LaLiga Promises, desta vez disputado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, é um campeonato sub-12 criado em 1996 no futebol espanhol. Como as competições profissionais do país ficam paralisadas no fim de dezembro, o torneio de base marca o encerramento oficial do esporte no ano, com transmissões na televisão local. Times de fora, como Juventus, Internazionale, Borussia Dortmund e Paris Saint-Germain, também participaram como convidados.

José Reyes tem agora o desafio de superar uma série de craques do torneio que não vingaram no futebol profissional. Granero (Real Madrid, 1999), Deulofeu (Barcelona, 2006) e Carlos Soler (Valencia, 2009) são alguns dos mais conhecidos a levarem o prêmio individual. Outros ícones, por sua vez, também foram revelados no LaLiga Promises, embora não tenham conquistado o título de melhor jogador. A lista é extensa e inclui Casillas, Carvajal, Piqué, Alba, Xavi, Iniesta, Ander Herrera, Fàbregas e Fernando Torres.