Gol de Falcao García - Metz x Monaco

Falcao García chegou ao seu quinto gol no Campeonato Francês (Foto: Jean-Christophe Verhaegen / AFP)

LANCE!
18/08/2017
17:36
Metz (FRA)

O Monaco teve grande dificuldade para derrotar o Metz nesta sexta-feira. Fora de casa, a equipe do Principado contou com a boa fase de Falcao García para vencer por 1 a 0, conquistando o 15º triunfo consecutivo do time no Campeonato Francês. Foi o quinto gol do colombiano em três partidas na competição.  O jogo teve um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do atentado terrorista em Barcelona, na última quinta. 

O volante Fabinho alcançou uma marca importante. Ele chegou a 191 jogos com a camisa do Monaco, empatado com o italiano Raggi como o oitavo estrangeiro com mais partidas pelo time monegasco.


Agora, o Monaco chega a nove pontos e se isola na liderança do Campeonato Francês. Lyon, PSG, Olympique de Marselha e Saint-Étienne têm seis e podem alcançar o time do Principado na ponta da tabela. O Metz está em 19º, ainda sem pontuar na Ligue 1.

O técnico Leonardo Jardim não relacionou para a partida o jovem Mbappé, que negocia sua transferência para o PSG. Desta forma, Diakhaby ganhou uma chance como titular. No meio de campo, Fabinho atuou ao lado de Moutinho, com Rony Lopes e Lemar mais à frente.

Fabinho - Metz x Monaco
(Foto: Jean-Christophe Verhaegen / AFP)

A equipe sentiu falta de Mbappé. Apesar de ter a posse de bola, faltava maior movimentação no ataque e inspiração dos homens do meio. Assim, os atacantes não tinham muitas chances de marcar. Falcao García até tentou, mas o goleiro Didillon defendeu. Por outro lado, o Metz também pouco ameaçava, deixando o jogo monótono, com poucas emoções.

Leonardo Jardim lançou Carrillo e mandou o Monaco para frente no segundo tempo. O argentino fez a produção ofensiva melhorar e colocou uma bola na trave aos 13 minutos. O lance acordou o Metz, que passou a atacar com muito perigo e teve chances de abrir o placar. O time do Principado parava em Didillon, como em cabeçada de Glik e em lance com Lemar.

O gol estava próximo de sair, só não sabia de qual lado. E finalmente a rede foi balançada. Em grande lançamento de Ghezzal, Falcao García dominou, tirou de Didillon e tocou para o fundo do barbante. O Monaco seguiu pressionando e teve chances de ampliar, mas não conseguiu fazer o segundo.