Schalke 04 x Borussia Dortmund

Haaland marcou dois gols no último jogo do Borussia Dortmund (Foto: INA FASSBENDER / AFP / POOL)

LANCE!
23/02/2021
15:52
Londres (ING)

Um dos principais nomes em ascensão no futebol mundial, o atacante Erling Haaland, do Borussia Dortmund, começa a despertar o interesse de gigantes europeus. No entanto, segundo o empresário do atleta, tirar o norueguês do clube alemão não será fácil e apenas dez clubes têm condições de fazer.

+ Veja a tabela da Bundesliga


- Apenas um máximo de dez clubes podem comprar Haaland e oferecer a estrutura que ele gostaria depois de ter estado em Dortmund. E quatro desses clubes estão na Inglaterra - disse Mino Raiola em entrevista à "BBC".

O agente de Haaland também afirmou que as dificuldades financeiras enfrentadas pelos clubes em tempos de pandemia da Covid-19 não seria um empecilho para a transferência do jogador por conta dos altos valores. Segundo Raiola, um atleta como o camisa 9 tem espaço em qualquer equipe.

- Não acho que haja uma correlação (sobre valores diante da pandemia). Para os talentos extraordinários, sempre há espaço. Não acho que haja um diretor esportivo ou treinador no mundo que diria "não estou interessado". É como dizer: "Há uma equipe de Fórmula 1 que não estaria interessada em ter Lewis Hamilton?" - disse o empresário.

+ Pelé seria mais bem pago que Cristiano Ronaldo e Messi se jogasse hoje? Veja a resposta!

Por último, Mino Raiola, que também agencia nomes como Pogba, Ibrahimovic e Balotelli, disse que Haaland certamente será uma das "estrelas da próxima década". Para o empresário italiano, fazer o que o norueguês faz aos 20 anos não é fácil.

- É óbvio que todo mundo está olhando para Haaland como uma dessas novas estrelas em potencial porque é muito difícil fazer o que ele faz na sua idade e no seu nível. Ele será uma das futuras estrelas da próxima década porque vemos que estrelas como Ibrahimovic, Cristiano Ronaldo e Messi estão chegando a uma idade em que todos se perguntam: "Por quanto tempo ainda podemos aproveitá-los?". Portanto, todos procuram a nova geração - afirmou.