França x Croácia

França: campeã do mundo e líder do ranking (Foto: AFP)

LANCE!
16/08/2018
13:41
Zurique (SUI)

A Fifa divulgou, nesta quinta-feira, com um novo formato de avaliação, o ranking das melhores seleções do mundo. Atual campeã da Copa, a França ocupa a primeira posição, seguida pela Bélgica, na segunda colocação e com o Brasil, fechando o top 3. A Argentina ficou fora dos dez primeiros colocados, enquanto a Alemanha despencou para a 15ª posição.

Entenda o novo formato
O novo formato tem como ideia central, adicionar ou subtrair pontos das seleções, tendo como base nos resultados dos jogos no período avaliado, ao contrário do sistema antigo, que fazia uma média. Além disso, o novo ranking tem um peso menor em relação a jogos amistosos, enquanto partidas de competições oficiais, tem um peso maior. Os confrontos de mata-mata também tem peso maior que os da fase de grupo.

- Depois de uma longa fase de testes, o Conselho da Fifa aprovou em junho uma nova fórmula aplicável ao ranking, baseada na soma/subtração dos pontos relativos às pontuações totais prévias no lugar da média de pontos disputados em um determinado período, como ocorria antes - explica a Fifa

O novo ranking
Com isso, a França subiu seis posições e ocupou a primeira colocação, com 1.726 pontos. O Brasil ocupava a segunda, mas com a derrota para a Bélgica, nas quartas de final da Copa, foi para a terceira posição, com 1.657 pontos. 

A Croácia, vice-campeã mundial, passa a ocupar a quarta posição, com 1.643 pontos e se estabelece como principal concorrente do Brasil para a terceira posição. O Uruguai pulou nove posições, fica com 1.627 pontos e fecha o top 5. Com a péssima campanha na Copa, sendo eliminada na fase de grupos, a Alemanha, que era a líder anteriormente, passou a ocupar a 15ª posição, com 1.561 pontos.

Confira os 20 primeiros colocados:
1)
França, 1.726 pontos
2) Bélgica, 1.723
3) Brasil, 1.657
4) Croácia, 1.643
5) Uruguai, 1.627
6) Inglaterra, 1.615
7) Portugal, 1.599
8) Suíça, 1.597
9) Espanha, 1.580
9) Dinamarca, 1.580
11) Argentina, 1.574
12) Chile, 1.570
13) Suécia, 1.565
14) Colômbia, 1.563
15) Alemanha, 1.561
16) México, 1.560
17) Holanda, 1.540
18) Polônia, 1.538
19) País de Gales, 1.536
20) Peru, 1.535