Everton x Watford

Everton oscila muito durante partida e perde para Watford (Foto: AFP)

LANCE!
10/12/2018
20:04
Liverpool (ING)

Em jogo que fechou a 16ª rodada do Campeonato Inglês, o Watford surpreendeu, virou e quase venceu o Everton, na noite desta segunda-feira, fora de casa: 2 a 2, com gol de falta de Digne no último minuto. Antes dele, Richarlison abriu o placar, contra seu ex-time;  Coleman (contra) e Doucore fizeram para os visitantes. 

Com o resultado, o Everton desperdiçou a chance de se aproximar do G6 da Premier League e segue em sétimo, com 24 pontos, 19 atrás do rival e líder Liverpool. City (41), Tottenham (36), Chelsea (34), Arsenal (34) e United (26) são os cinco primeiros. Lá, os quatro primeiros garantem vaga na Champions League e o quinto, na Liga Europa, além dos campeões das copas nacionais. Assim, é possível que o G5 vire G7 e o Everton dispute uma competição continental na próxima temporada. 

Já o Watford chegou ao quinto jogo sem vitória (três derrotas) e está em 12º, com 21 pontos. O primeiro da zona de rebaixamento é o Huudersfield, 18º, com dez. Lá, caem dois e o time com a terceira pior campanha disputa a permanência com o terceiro da segunda divisão. Essa foi a primeira vitória do Watford sobre o Everton na condição de visitante. 

Everton começa avassalador

O Everton começou a mil por hora e foi premiado com gol logo aos 15. Coleman tocou para André Gomes, que foi até a linha de fundo e deu passe açucarado para Richarlison, que, levemente desequilibrado, abriu o placar para os Toffes: 1 a 0. O gol foi em condição irregular, pois Walcott, que participou da jogada, estava impedido. 

O gol, porém, fez o Watford crescer na partida. Logo na seguida, Deeney perdeu grande oportunidade, sozinho debaixo da trave, mas estava impedido. O Watford seguiu superior na partida. Mas os gols dos visitantes só vieram mesmo no segundo tempo. Aos 18, Coleman fez contra após a finalização de Pereyra bater na trave, nele e entrar. 

Toffes desperdiçam pênalti, mas empatam no último minuto 

A virada veio logo em seguida, com Doucore, aproveitando cruzamento na medida de Pereyra, de cabeça. Um minuto depois, Sigurdsson perdeu pênalti para o Everton e desperdiçou a melhor chance do empate. A partir de então, o cenário ficou bem definido: o Everton atacava como podia e o Watford investia no ferrolho e no contra-ataque. Para marcar, só com bola parada mesmo. E assim foi feito. Aos 51 do segundo tempo, Digne marcou de falta e empatou e deu números finais à partida: 2 a 2.