Thiago Silva - Chelsea x City

(Foto: DAVID RAMOS / POOL / AFP)

LANCE!
29/05/2021
19:01
Porto (POR)

Neste sábado, o Chelsea superou todas as suas dificuldades e conquistou seu segundo título de Uefa Champions League. Dessa vez, os Blues venceram o Manchester City por 1 a 0, gol de Kai Havertz, e levantou a orelhuda no Estádio do Dragão, no Porto, em Portugal. 

Um dos grandes destaques da campanha do Chelsea na competição, o zagueiro brasileiro Thiago Silva conseguiu a sua redenção. Vice-campeão com o Paris Saint-Germain em 2020 quando perdeu para o Bayern de Munique, Thiago saiu lesionado no fim do primeiro tempo deste sábado, mas conquistou seu primeiro título de Champions League, aos 36 anos.

Em entrevista à 'TNT Sports', o zagueiro brasileiro celebrou a sua 'segunda chance' com a Liga dos Campeões, quase um ano depois de perder o título também em Portugal.

- Muito feliz por esse momento. Por vezes, a gente não entende os planos de Deus. Ano passado, bati na trave, com o Tuchel. Esse ano, de maneira heroica, o Tuchel chegou no meio da temporada e mudou o time. Ano passado, já tinha passado o filme do ano passado na minha cabeça, por causa das finais em Lisboa. Aqui ficou mais especial, porque foi aqui que vivi um dos piores momentos da minha vida. O Porto me deu o maior suporte, fui para o Dínamo de Kiev. Fui curado aqui no Porto (local da final) da tuberculose. Depois fui para o Fluminense. Se tivesse acabado a minha carreira e não tivesse conquistado este título, faltaria alguma coisa - destacou Thiago, emocionado.

E ao falar da 'segunda chance' com a Liga dos Campeões, Thiago Silva também falou sobre ter uma nova tentativa na Libertadores.

- Talvez, talvez. Na Champions, eu tive a segunda oportunidade, quem sabe na Libertadores eu não tenha também uma segunda? - disse.

Pelo Fluminense, em 2008, o zagueiro foi vice-campeão da competição. Muito identificado com o clube, Thiago sempre acompanha o Tricolor e faz posts em suas redes sociais acompanhando os jogos do time.