Reus

Reus teve boa participação na partida (Foto: Reprodução)

LANCE!
08/12/2018
14:25
Gelsenkirchen (ALE)

No clássico do Vale do Ruhr, o Borussia Dortmund levou a melhor. Mesmo jogando na casa do rival Schalke 04, a equipe de Reus, Götze, Alcácer e companhia se mostrou superior e conseguiu uma importante vitória por 2 a 1. Delaney, no início da partida, abriu o placar. O Schalke 04 empatou apenas no segundo tempo, de pênalti (marcado pelo VAR), com Caligiuri. O Dortmund, porém, conta com o talento de Jadon Sancho e foi o jovem inglês que marcou o gol da vitória.

Gol no início
O Borussia Dortmund é o atual líder do Campeonato Alemão. Para continuar mantendo a diferença de pontos na liderança precisava vencer. O adversário não era fácil: o Schalke 04, em um dos maiores clássicos da Alemanha. Com todos esses ingredientes era de se esperar que a partida não seria tranquila. O Dortmund, porém, tratou de tranquilizar seus torcedores logo no início. Reus, em cobrança de falta, levantou com precisão na área e o dinamarquês Delaney, de peixinho, abriu o marcador.

Rivalidade em campo
Mesmo jogando fora de casa, o Dortmund não abdicou de suas características. Continuou jogando com muita velocidade nas transições do meio para o ataque e tinha em Paco Alcácer a referência dentro da área. O Schalke 04, em fase pior que o rival, não cedeu a pressão e nem sentiu o gol sofrido. O time da casa manteve a marcação forte, mas não tinha a mesma qualidade que o Dortmund quando chegava ao ataque.

No embalo da torcida
A torcida do Schalke 04 lotou a Veltins Arena e fez uma linda festa. No embalo da torcida, o time da casa teve a sua melhor oportunidade com Bentaleb. O argelino pegou a sobra na pequena área, virou e chutou na trave de Burki. A bola, porém, pegou na mão do atacante antes da finalização, mas o árbitro não marcou nada. O Dortmund, mesmo com a bola na trave, se manteve firme no domínio da partida, enquanto o Schalke sentia mais a pressão do jogo, com os jogadores demonstrando nervosismo.

Decisão do VAR
O segundo tempo começou mais movimentado que o segundo, com o Borussia tentando ampliar e o Schalke na procura do empate. O time da casa, porém, teve mais sorte. Após uma disputa de bola dentro da área, Harit caiu e o juiz não apontou o pênalti. O árbitro, porém, pediu a ajuda do assistente de vídeo e, após analisar as imagens, entendeu que houve falta de Reus no atacante do Schalke. Decisão polêmica. Caliguri, que não tinha nada a ver com isso, cobrou com categoria e empatou a partida.

No talento de Sancho
O gol do Schalke incendiou a partida e acirrou os ânimos das equipes. O jogo ficou mais pegado, com discussões entre os jogadores e cartões amarelos para Nastasic, pelo lado do Schalke e Hakimi e Guerreiro, pelo lado do Dortmund. A equipe visitante, porém, conseguiu virar a partida no talento do jovem Jadon Sancho. O inglês tabelou com Guerreiro, invadiu a área e bateu na saída do goleiro Fahrmann, com muita categoria.

Quase o terceiro
O gol motivou ainda mais a equipe do Dortmund, que conseguia se impor na partida e dominar os espaços mesmo jogando um clássico fora de casa. Em uma das oportunidades criadas, Reues recebeu dentro da área, em jogada parecida com o segundo gol, bateu com a mesma categoria que Sancho, mas o goleiro do Schalke conseguiu fazer uma importante defesa. 

Importante vitória
O Borussia Dortmund teve uma chance ainda mais clara para marcar o terceiro. Guerreiro, dentro da área, chutou rasteiro e acertou a trave. A oportunidade, porém, não influenciou no placar, tendo em vista que o Schalke 04 não conseguiu ter a criatividade suficiente para empatar a partida.