Bayern x Hertha

Gnabry comemora o gol de Martínez (Foto: Divulgação/Twitter)

LANCE!
23/02/2019
13:24
Munique (ALE)

Te cuida, Dortmund! Apesar de passar sufoco no primeiro tempo, o Bayern de Munique aproveitou a artilharia aérea para vencer o Hertha Berlin por 1 a 0, na manhã deste sábado, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Alemão. Javi Martínez marcou o único gol do jogo.

Com a vitória, o Bayern de Munique empatou em pontos (51) com o Borussia Dortmund, líder do campeonato, mas que ainda entra em campo neste rodada, no domingo, em casa, contra o Bayer Leverkusen.

HERTHA ASSUSTA
Mesmo com a chance de encostar no Dortmund na tabela, o Bayern começou a partida desligado e viu o Hertha pressionar bastante em busca da vitória. Logo aos 12 minutos, Davie Selke teve gol anulado por impedimento, e ainda no primeiro tempo, Salomon Kalou teve a chance de ouro para marcar, mas foi interrompido por Boateng praticamente em cima da linha.

BAYERN VOLTA LIGADO
Após ver o Hertha praticamente dominar o primeiro tempo, o Bayern voltou para a etapa final com outra postura dentro de campo e passou a atacar mais. Logo nos primeiros minutos, Kimmich e Ribery descolaram boas chances para deixar o time de Berlim assutado, mas não aproveitaram para marcar.

KIMMICH HERÓI
Com uma postura de atacar, o Bayern deixou espaços no sistema defensivo e o Hertha Berlin aproveitou para ter a melhor chance da partida. Kalou roubou a bola e passou para Duda, que conectou passe para Salke finalizar cruzado. A bola passou por Neuer e ia morrendo no fundo do gol, mas Kimmich salvou o gol praticamente em cima da linha e manteve o empate no placar.

ATAQUE AÉREO
Se pelo chão estava difícil para criar chances de gol, o Bayern apelou para artilharia aérea e teve sucesso. Pouco tempo depois da chegada perigosa do Hertha, James Rodríguez bateu escanteio com perfeição e achou Javi Martínez dentro da área para testar firme para as redes e abrir o placar na Allianz Arena aos 16 minutos.

EXPULSÃO SELA A VITÓRIA
Valente, o Hertha ainda tentou voltar para a partida mesmo em desvantagem no placar, mas para o azar do time da capital alemã, Rekik agrediu Lewandowski e levou o cartão vermelho direto, deixando a equipe com um jogador a menos em campo e freando uma possível reação. Com um a mais, o Bayern só administrou o resultado e saiu com os três pontos ao apito final.