Alemão

Brasileiro com as cores do Al Hazem (Foto: Divulgação)

LANCE!
09/07/2019
15:10
Ar Rass (SAU)

Depois de aproveitar as férias no Rio Grande do Sul, o zagueiro Alemão retornou para a Arábia Saudita, onde a pré-temporada 2019/2020 do Al Hazem inicia na noite de terça. O começo será em solo local e, no segundo momento, a delegação viajará para a Eslovênia. O defensor fez um balanço sobre o seu primeiro ano no Oriente Médio, onde encerrou o campeonato passado como capitão e projetou o próximo ciclo na equipe.

- Eu só tenho a agradecer por tudo que vivi nesse primeiro ano no Al Hazem e estou pronto para retornar, agora com energias renovadas pelas férias com minha família. Era tudo novo para mim, dificuldade com o idioma, cultura bem diferente, mas fui muito bem recebido por todos. Aos poucos comecei a me comunicar, me fazer entender também com os companheiros dentro de campo e assumir responsabilidades. Acabei a temporada como o primeiro capitão estrangeiro da história do Clube. Conseguimos a permanência na primeira divisão na repescagem, nos pênaltis, então foi extremamente emocionante. Agora espero que seja um ano melhor, mais tranquilo nos resultados e que possamos pensar mais acima na tabela, além de poder avançar na Copa Saudita também para termos uma grande temporada - afirmou.

Conhecido por sua raça e entrega em campo, o jogador revela que durante o descanso em sua terra natal, Santo Ângelo, recebeu algumas sondagens diretas ou através de seu empresário para um retorno ao Brasil. No entanto, nada concreto. Alemão garante que está muito feliz nessa experiência fora do país e quer cumprir seu contrato.

- Claro que a saudade de casa sempre existe e um dia voltarei a jogar no Brasil. Tive realmente alguns contatos, mas nada oficial. Foram pessoas do meio que procuraram, mas nesse momento, além de ter contrato com o Al Hazem, estou realmente feliz em poder jogar na Arábia Saudita, que me impressionou positivamente. A gente conversa com outros colegas de profissão, brasileiros há mais tempo no país e todos citam que é uma Liga em ascensão novamente. Hoje em dia, todos os jogos são televisionados, minha família assiste no Brasil as partidas, a informação chega, trazem arbitragem da Europa para os jogos, então o nível de competição vem crescendo e isso valoriza o atleta - finaliza.