Fernanda Teixeira
31/07/2019
23:30
Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG está nas quartas de final da Copa Sul-Americana. O Galo venceu o Botafogo por 2 a 0, no duelo de volta das oitavas do torneio continental, disputado nesta quarta-feira, na Arena Independência. Fábio Santos, de pênalti, abriu o placar e Vinícius ampliou e confirmou a classificação. A equipe mineira havia vencido o jogo de ida, no Nilton Santos, por 1 a 0. 

Com o resultado, o Atlético vai enfrentar o La Equidad, da Colômbia, em data a ser definida entre 20 e 27 de agosto. O primeiro jogo do time mineiro será fora de casa. O Alvinegro carioca volta a campo pelo Brasileirão, no domingo, às 16h, contra o Avaí, em casa. No mesmo dia, o Galo faz o clássico mineiro com o Cruzeiro, às 19h.

Fogão no controle
Precisando da vitória, para reverter o resultado negativo do jogo de ida, o Botafogo não se intimidou com o bom público do Independência e foi para cima do Atlético. O time de Barroca teve mais volume e os chutes de fora da área de Diego Souza, Luiz Fernando e Cícero deram trabalho a Cleiton. No fim da primeira etapa, o time carioca quase abre o placar em cobrança de falta de Marcinho, que parou no travessão. Errando muito, o Galo não conseguia se aproximar da área rival e irritava a torcida. As melhores chances dos donos da casa foram em finalizações de Chará e Otero, de canhota, que obrigou Gatito a fazer grande defesa.

Confira a tabela da Copa Sul-Americana e veja o caminho do Galo

Improviso dá certo
Escalado na zaga em razão dos inúmeros desfalques do Botafogo no setor defensivo, Cícero não fez feio e teve boa atuação. Ao lado de Marcelo Benevenuto, levou a melhor nas divididas, fez bem as coberturas e ainda arriscou algumas finalizações de fora da área.

Galo pressiona
Na volta do intervalo, o time de Rodrigo Santana melhorou e foi em busca do gol que deixaria a classificação bem encaminhada. Melhor na criação, as chances iam surgindo diante de um Botafogo sem a mesma intensidade. Otero, Vinícius e Elias tiveram boas chances.

Gols e classificação
O gol atleticano que já vinha amadurecendo, desde o início do segundo tempo, finalmente saiu. Jair fez linda jogada individual, invadiu a área e foi derrubado por Alan Santos,que havia acabado de entrar. O juiz apontou pênalti, sem auxílio do VAR. Na cobrança, Fábio Santos bateu firme no alto e abriu o placar. Mais tranquilo e diante de um rival sem poder de reação, o jogo do Galo passou a fluir e o segundo gol não demorou a sair. Vinícius aproveitou o rebote de uma finalização de Ricardo Oliveira defendida por Gatito e mandou uma bomba, no cantinho, para decretar a classificação às quartas de final da Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 0 BOTAFOGO


Data/Hora: 31/07/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gramado: Bom
Público/ Renda: N/D
Árbitro: Wilton Sampaio (Fifa-BRA) Nota L!: 6,5 - Controlou bem a partida e acertou no pênalti para o Atlético-MG
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa-BRA) e Bruno Pires (BRA)
Árbitro de vídeo: Leodan Gonzalez (Fifa-URU)
Assistentes de árbitro de vídeo: Rodolpho Toski (Fifa-BRA) e Bruno Boschilia (Fifa-BRA)
Cartões amarelos: Vinícius, Jair (ATL); Luiz Fernando (BOT)
Cartão Vermelho: Não houve.

Gols: Fábio Santos (31’/2ºT, 1-0), Vinícius (40’/2ºT, 2-0)

Atlético-MG: Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair (José Welison, 43’/2ºT), Elias, Vinicius Goes e Otero (Geuvânio, 16’/2ºT); Chará (Luan, 38’/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana.

Botafogo: Gatito; Marcinho, Marcelo, Cícero e Gilson; Alex Santana, Bochecha (Igor Cássio, 33’/2ºT), João Paulo (Alan Santos, 21’/2ºT), Pimpão (Leo Valencia, 27’/2ºT) e Luiz Fernando; Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca.